quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013 03:59h

Piso dos Professores tem reajuste de 7,9%

Professores de Minas Gerais em Greve Anastasia Aécio 2011

Obedecendo ao artigo 5.º da Lei 11.738/2008, que define o critério de reajuste do piso nacional dos professores, o magistério terá um aumento de 7,9% neste ano, conforme informações do Ministério da Educação (MEC). Com o novo reajuste, o piso passará de R$ 1.451,00 para R$ 1.567,00.  
Conforme a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB de 2012, em relação ao valor de 2011. E eleva a remuneração mínima do professor de nível médio com jornada de 40 horas semanais.
Segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) em julho de 2012, a respeito dos salários pagos aos professores municipais, o impacto do reajuste do piso para 2013 será em torno de R$ 2,1 bilhões, apenas para esfera municipal.
A Associação Mineira de Municípios - AMM defende a remuneração justa aos professores, porém a forma como é calculado esse reajuste hoje, onera as receitas dos municípios. Para explicar o impacto dessa a situação, a rádio AMM escutou a assessora do Departamento de Economia da instituição, Angélica Ferreti.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.