sexta-feira, 26 de Abril de 2013 09:15h Estado de Minas

Polícia faz reconstituição de crime em que jovem foi baleada em Ouro Preto

Acontece na manhã desta sexta-feira uma ação de reconstituição do crime em que a jovem A.L.S, de 17 anos, foi baleada, em Ouro Preto. Segundo a Polícia Civil, uma equipe está se deslocando para a estrada que liga o município de Ouro Preto à Lavras Novas, onde ocorreu a tentativa de assassinato.

O primeiro local da reconstituição do caso acontece na BR-356, próximo ao Posto Colonial. A previsão é que o trabalho só seja concluído no final da tarde, pois estão previstos outros três pontos para a reconstituição.

O delegado Geraldo Toledo Neto, da Divisão de Polícia Especializada da Mulher, Idoso e Deficiente Físico de Belo Horizonte, é o principal suspeito. A polícia recebeu várias denúncias de que havia um casal brigando dentro de um carro na estrada de Ouro Preto, mas quando chegou ao local não encontrou ninguém. Mais tarde os militares receberam a informação de que a jovem teria levado um tiro na cabeça e dado entrada no hospital da cidade.

Segundo funcionários da unidade de saúde, um homem que não se identificou deixou a moça, dizendo que ela teria tentado suicídio. Entretanto, o exame residuográfico, que verifica a existência de vestígios de pólvora nas mãos, deu resultado negativo. O delegado está preso na Casa de Custódia da Polícia Civil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.