quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2016 10:10h

Polícia Rodoviária lista trechos de rodovias que mais exigem cuidado no feriado

Motoristas devem ter atenção e paciência, já que movimentação para o Carnaval é muito intensa nas vias de acesso a destinos turísticos

Durante o Carnaval do ano passado foram registrados quase 400 acidentes nas rodovias estaduais de Minas Gerais, deixando 36 mortos. De olho na segurança dos motoristas que vão pegar a estrada neste feriado de Carnaval, o Batalhão de Polícia Militar Rodoviário (BPMRv) lista cinco rodovias que merecem cuidado dobrado de quem vai aproveitar a folia ou descansar em outras cidades.

 

 

Fique atento:

A MG-050, que liga Belo Horizonte a Mateus Leme, está em obras do km 63 ao km 74. No local, há cones e outros tipos de sinalização provisória. Assim, o trecho exige mais atenção do condutor. “Principalmente por ter um asfalto bom e por ser uma rodovia plana, o motorista tem que ficar atento, pois logo à frente pode se deparar com o trecho em obras”, indica o tenente Pedro Barreiros, do BPMRv.

 

Na BR-356 o cuidado é necessário devido ao grande movimento esperado, já que a estrada liga a capital mineira ao Rio de Janeiro, destino muito visado no Carnaval. O motorista precisa ter paciência e não recorrer aos truques irregulares utilizados para fazer o percurso em menor tempo – como realizar ultrapassagens proibidas e trafegar pelo acostamento, por exemplo.

 

 

Um terceiro trecho no qual é necessária atenção é na MG-010, logo na saída de Belo Horizonte, próximo a Confins, onde, segundo o BPMRv, há queda de barreiras. Por ser a saída para a Serra do Cipó, destino turístico, é preciso ter cautela na estrada, principalmente em caso de chuva.

 

Para quem vai sentido Nova Lima, a MG-030 exige cautela por causa dos desníveis – são muitas subidas e descidas, com uma estrada estreita. “Os motoristas imprimem velocidade ao veículo, já que a rodovia é relativamente nova, mas não consegue fazer as curvas”, pondera o tenente Barreiros.

 

O motorista com destino a Sabará ou Caeté, que vai trafegar pela MGC-262, precisa estar atento – a sinalização é precária e a rodovia tem pista simples.

O Batalhão de Polícia Militar Rodoviário (BPMRv) lista ainda os principais cuidados para quem vai viajar

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.