quarta-feira, 19 de Outubro de 2011 10:57h Flaviane Oliveira

Prazo para inscrição no concurso para professor da rede estadual é prorrogado

A estimativa é de que mais de 21 mil vagas sejam oferecidas e a maioria delas e reservada para o cargo de professor de Educação Básica. As inscrições vão até o dia 29 do próximo mês e o edital e a minuta de retificação estão disponíveis no site

A modificação no concurso acabou alterando o cronograma e os critérios de concorrência para um dos cargos. De acordo com a mudança na redação, o cargo de Analista Educacional, nível 1, grau A, passa a aceitar, além de candidatos com diploma de graduação/bacharelado, também os que possuem o diploma de graduação tecnológica. Outra novidade importante é que foi reaberto o período de isenção das inscrições para os candidatos com graduação tecnológica que concorrem ao cargo.


A isenção pode ser solicitada até a próxima sexta feira (21) e graças a essa alteração a data das provas para todos os candidatos também foi adiada, passando para o dia quatro de março do próximo ano.


Para se inscrever o interessado deve acessar o site www.concursosfcc.com.br. Ao fazer a inscrição, o interessado deve informar o município onde pretende concorrer à vaga. O concurso público será realizado em duas etapas. O edital, e minuta de retificação, também estão disponíveis no site da Secretaria de Estado de Educação

 

 

OPORTUNIDADES


A estimativa é de que mais de 21 mil vagas sejam oferecidas nesse concurso e a maioria delas e reservada para o cargo de professor de Educação Básica. No que se refere aos salários, a remuneração mínima prevista em edital é de R$ 1.320,00 para uma jornada de trabalho de 24 horas semanais. Serão contratados professores nas áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Espanhol, Inglês, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia e para atuação nos anos iniciais do ensino fundamental.


Estão disponíveis ainda vagas para cargos de Analista e Assistente Técnico em diversas modalidades, com remuneração podendo chegar a R$3.300. Os candidatos aprovados atuarão no órgão central da Secretaria de Estado de Educação (SEE), em uma das 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) ou em uma das 3.779 escolas estaduais da rede.

 

PROVAS


Inicialmente a prova objetiva contará com 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Além da realização dos exames na capital mineira, as provas também serão aplicadas em todas as cidades-sede das 44 Superintendências, em todas as regiões do Estado. Já no primeiro dia útil após a aplicação das provas serão apresentadas as datas previstas para divulgação das questões de múltipla escolha e também dos gabaritos e resultados. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.