segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015 10:40h

Preço médio do gás de cozinha subiu 4,23% em janeiro

Procon Assembleia pesquisou 94 revendedores e cinco distribuidores da Capital mineira

Em pesquisa realizada em 94 revendedores e cinco distribuidoras de gás de cozinha de Belo Horizonte, o Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) constatou um aumento no preço médio geral de 4,23%. O botijão de 13Kg teve uma redução de 0,34% e o cilindro de 45 kg teve aumento médio de 5,32%, em relação a dezembro de 2014.

Consulte a pesquisa completo de preços do gás de cozinha.

A pesquisa identificou uma  grande variação de preços entre os estabelecimentos. A diferença entre o maior e menor preço do botijão de 13 kg foi de 47,5%, já do cilindro de 45 kg foi de 45%.

Das oito regiões da Capital pesquisadas, a região Oeste foi a que apresentou maior aumento no preço médio do botijão de 13 kg, com variação de 0,52%. Já em relação ao cilindro de 45 kg, a maior variação em janeiro foi da região Centro-sul, com 8,77%.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.