terça-feira, 3 de Junho de 2014 07:19h

Prefeitura de Andradas converte frota e recebe bônus de GNV da Gasmig

Dezoito veículos da administração municipal foram convertidos e a economia com gastos de combustíveis pode chegar a R$ 100 mil

A Prefeitura Municipal de Andradas, no Sul de Minas, experimentou os benefícios ambientais e econômicos do gás natural veicular (GNV) em uma das suas Kombis escolares e decidiu pela conversão de todos os 18 veículos da frota da administração municipal. Agora, o presidente em exercício da Gasmig, José Luis França, vai à cidade para entregar ao prefeito Rodrigo Lopes, oficialmente, o bônus de 10.800 m³ de GNV concedidos pela Promoção “Vou no Gás”. A solenidade de entrega acontece no próximo dia 5 de junho, a partir das 9h30, na prefeitura, juntamente com a Assinatura da Ordem de Serviço para Aquisição das Placas de Sinalização Turística e do Posto de GNV da Cidade.

Andradas é o primeiro município mineiro a adotar esta solução energética mais limpa e econômica em benefício de sua população. Além disso, a expectativa é de que a conversão da frota gere uma economia anual de cerca de R$ 100 mil, conforme os dados informados pela prefeitura sobre o perfil de rodagem da frota de 18 veículos.

Durante o evento de entrega dos bônus de GNV à frota da Prefeitura, ainda será assinada a autorização para a aquisição de 21 Placas de Sinalização Turística – que também indicam a presença do posto de GNV –, que serão doadas pela Gasmig à Secretaria de Turismo de Andradas.

 

 

Promoção Vou no Gás

No dia 5 de junho, serão entregues os bônus que concede 600 m³ de gás para cada veículo convertido. “Em termos financeiros, esse benefício representa mais de R$ 2 mil, o que, por si só, permite a recuperação de metade do valor investido na adaptação do veículo. Os 10.800 m³ de bônus concedidos à frota da Prefeitura de Andradas serão suficientes para que os veículos rodem cerca de 86.400 km”, enfatiza o coordenador de GNV da Gasmig, Welder Souza.

Antes de a prefeitura optar pela conversão da sua frota, um projeto piloto foi executado para comprovar os benefícios proporcionados pelo uso do GNV. Para isto, a Gasmig, o Posto Santa Bárbara e fabricantes de equipamentos estabeleceram um convênio com a prefeitura, que recebeu a conversão gratuita de uma das suas Kombis, com tecnologia de ponta (Kit de Gás de 5ª geração) e gás natural suficiente para rodar por 90 dias. “Estamos adotando essa estratégia de projetos piloto, reunindo parceiros de toda a cadeia do GNV, para que os potenciais usuários possam comprovar as vantagens do gás e perceberem como a tecnologia dos kits evoluiu, abandonando de vez o mito de que os veículos perdem potência ou são danificados pelo gás natural”, esclarece Welder.   

 

 

Jacutinga

O diretor-presidente da Gasmig em exercício, José Luis França, e o prefeito de Jacutinga, Noé Francisco Rodrigues, se reúnem também no dia 5 de junho, às 15h, para firmarem o protocolo de intenções para viabilização do fornecimento de gás a este importante polo têxtil do Sul de Minas. O fornecimento do energético à cidade suprirá a demanda das empresas hoje existentes e, ainda, garantirá o atendimento ao novo Distrito Industrial a ser implantado pela Prefeitura de Jacutinga.

Após a assinatura do protocolo, a Gasmig já poderá efetuar o levantamento do consumo potencial da cidade; fazer o dimensionamento preliminar das redes para atender as indústrias em operação na área urbana e no futuro Distrito Industrial, além disso, elaborar o estudo de viabilidade técnico-econômica das redes e apresentar à Prefeitura as tarifas a serem pagas por potenciais clientes interessados em consumir o gás natural.

De Jacutinga parte o gasoduto de distribuição da Gasmig que abastece as demais cidades do Sul de Minas com o gás natural - Poços de Caldas e Andradas. Essa mesma rede viabiliza o atendimento de Pouso Alegre e Varginha por meio do gasoduto virtual (transporte por carretas) e regaseificação na rede local.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.