quinta-feira, 22 de Maio de 2014 08:20h

Produção mineira de girassol deve aumentar 26% na atual safra sem alteração da área de cultivo

Agricultor utiliza tecnologia e boas práticas para produzir 16,5 mil toneladas. Com a produção prevista, Minas deve responder por mais de 6% da safra nacional

Embora as plantações mineiras de girassol ocupem área igual à registrada na safra 2012/2013, cerca de 11 mil hectares, a produtividade no período atual é 25,8% maior, alcançando 1,5 tonelada por hectare. Os dados estão contidos no levantamento realizado em maio pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Conforme avaliação da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), o aumento do rendimento nas lavouras deve possibilitar uma safra de 16,5 mil toneladas de girassol no Estado, aumento de 26% em relação ao período 2012/13.

“Com a produção prevista, Minas Gerais responderá por 6,1% da safra nacional”, diz o subsecretário do Agronegócio, Antônio Gama. “O desenvolvimento do cultivo no Estado se deve principalmente à valorização do produto, que tem mercados diversificados e demanda crescente”, completa.

O subsecretário observa que o girassol, destinado em parte à indústria de óleo comestível e à alimentação de bovinos, atende também à produção de biocombustível. “Além disso, o grão é utilizado na alimentação de aves ornamentais e pode ser servido como tira-gosto”, explica.

Para Waldyr Pascoal Filho, coordenador estadual de Culturas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), vinculada à Seapa, “com a perspectiva de atender aos diversos mercados, os agricultores apostam na atividade utilizando tecnologia e boas práticas de produção que se refletem no aumento crescente da produtividade das lavouras”.

Rotação de cultura

Plantado em Minas Gerais nos meses de fevereiro e março, sendo a colheita prevista para o período de julho e agosto, o girassol ocupa principalmente áreas onde anteriormente foi cultivado o milho. Paschoal observa que a rotação da cultura tem possibilitado bons resultados, principalmente nas lavouras da região Sul, que ocupa a segunda posição no ranking de produção do girassol, atrás do Triângulo Mineiro.

O grupo dos municípios de Minas Gerais que mais produzem girassol é composto por Araguari, Canápolis, Uberaba, Uberlândia e Capinópolis, todos do Triângulo, que respondem por 56% da safra estadual. Araguari tem uma safra estimada de 2,7 mil toneladas em 1,5 mil hectares.     

Produção: 16,5 mil t (+26%)

Rendimento: 1,5 t/há (+25,8%)

Ranking: Araguari, Canápolis, Uberaba, Uberlândia e Capinópolis

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.