quinta-feira, 27 de Março de 2014 07:18h Atualizado em 27 de Março de 2014 às 07:20h.

Produtores mineiros de leite recebem certificação do IMA

O objetivo é promover a produção de leite com segurança e qualidade e envolve diretamente os laticínios e produtores rurais.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) certificou mais uma propriedade produtora de leite. A fazenda Rancho Grande, no município de Três Pontas (Sul de Minas), é a sétima propriedade mineira de leite a receber a certificação este ano. O objetivo é promover a produção de leite com segurança e qualidade e envolve diretamente os laticínios e produtores rurais.

O responsável técnico pela fazenda Rancho Grande, Diogo Figueiredo Mesquita, disse que a certificação concedida pelo IMA é muito importante para a propriedade. “A nossa intenção com essa certificação é mostrar que o nosso leite tem uma qualidade diferenciada e assim, agregar valor ao produto”, afirma. 

Outras seis propriedades já foram certificadas na região de Lavras (Sul de Minas) no mês de fevereiro deste ano. A solenidade de entrega destes certificados foi promovida pelo Laticínios Verde Campo e contou com a presença do diretor-técnico do IMA, Thales Almeida Fernandes, representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Senar/MG, Sindicato Rural de Lavras, servidores do IMA, entre outras autoridades locais.

Além disso, o IMA vai auditar e certificar cerca de 200 propriedades que fazem parte do Programa Certifica Minas Leite.  O diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, explica que para o produtor rural, a certificação agrega valor ao produto. “Ter como fornecedor uma fazenda certificada dá garantias ao empresário de que estará recebendo um produto de alta qualidade, isso terá, cada vez mais, valor no mercado. Para a indústria a certificação garante uma maior credibilidade, transmitindo ao consumidor uma imagem positiva de qualidade comprovada”, esclarece.

 

Parceria entre IMA e Senar Minas

O Senar Minas firmou uma parceria com o IMA no final do ano de 2013 para promover a certificação de produtores de leite em Minas Gerais.  Os produtores interessados no processo de certificação participam de aulas teóricas e recebem consultorias técnicas nas propriedades rurais do Senar/MG.

Cabe ao IMA certificar o processo de produção dos estabelecimentos participantes em Minas Gerais para promover a melhoria da qualidade do leite. Produtores que alcançarem o nível de conformidade exigido terão as propriedades certificadas pelo Instituto. A exigência básica é boas práticas de produção.

A veterinária e analista técnica do Senar/MG, Marília Saraiva Pereira, explica que a instituição procurou o IMA como parceiro por ser um órgão de reconhecimento entre os produtores e idoneidade no processo de certificação. “A Gerência de Certificação do IMA é uma certificadora com chancela do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e que possui um importante conceito entre os produtores”, comenta.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.