sexta-feira, 9 de Setembro de 2011 14:02h com informações de O Tempo Online

Professores em greve dão abraço simbólico no prédio da Assembleia e do Ministério Público Estadual

Após decidirem pela continuidade da greve, professores da rede estadual deram um abraço simbólico no prédio da Assembleia e do Ministério Público Estadual, no bairro de Lourdes, região Centro-Sul de Belo Horizonte. A categoria está longe das salas de aula há exatos 94 dias e, na próxima quinta-feira (15), se reúne novamente para decidir os rumos do movimento.

 

De acordo com a BHTrans, o tráfego no entorno da Praça da Assembleia é bastante lento e ainda não há confirmação se os professores vão seguir em passeata pelas ruas da capital. A previsão inicial era complicar o trânsito em vários pontos da cidade, assim como é feito, toda semana, após a assembleia da categoria.

 

Segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), cerca de 9 mil pessoas participaram da assembleia. Já a Polícia Militar confirma a presença de apenas 2 mil educadores.

 

Militares do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e agentes da BHTrans prometem acompanhar o protesto desta tarde.

 

Caos no tráfego


Na penúltima quarta-feira (24), os manifestantes se dividiram em grupos e bloqueiam, ao mesmo tempo, vários pontos de Belo Horizonte. De acordo com as câmeras da BHTrans,  o trânsito ficou praticamente parado nas avenidas do Contorno, Amazonas, Nossa Senhora do Carmo, Cristiano Machado, Antônio Carlos e rua Bias Fortes.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.