segunda-feira, 12 de Janeiro de 2015 09:30h

PROFMAT é avaliado com nota máxima pela Capes

O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) da UFSJ recebeu nota 5 na Avaliação Trienal dos cursos de pós-graduação feita pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

A avaliação é realizada a cada três anos, a fim de assegurar e manter a qualidade dos cursos de mestrado e doutorado no país. A análise é executada em 48 áreas de avaliação, número vigente em 2014, e segue uma mesma sistemática e conjunto de quesitos básicos estabelecidos no Conselho Técnico Científico da Educação Superior (CTC-ES).

Os programas são qualificados com notas 1 e 2, que descredenciam o programa; 3, que indica desempenho regular; 4, que é considerado um bom desempenho; e 5, classificação máxima para programas com apenas mestrado. Os processos são conduzidos com base em fundamentos como reconhecimento e confiabilidade fundados na qualidade assegurada pela análise dos pares, critérios debatidos e atualizados pela comunidade acadêmico-científica a cada período avaliativo e transparência (ampla divulgação das decisões, ações e resultados no portal da Capes e nas páginas das áreas de avaliação).

O coordenador acadêmico do PROFMAT/UFSJ, Carlos Alberto Raposo, conta que o programa foi recomendado pelo CTC-ES da Capes, em reunião realizada nos dias 25 a 29 de outubro de 2010. Para ele, o resultado só comprova o sucesso do curso. “A nota obtida reflete que a qualidade exigida pela Capes está sendo executada pelo programa, e isso é importante para a UFSJ, pois é o primeiro mestrado da universidade com a alcançar este conceito na avaliação”, acredita.

Para o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (Prope), André Luiz Mota, o conceito Capes de um programa é um atrativo para que o mesmo tenha crescimento na procura e qualificação dos candidatos do PROFMAT. “Além disso, este é o primeiro programa de mestrado profissionalizante oferecido pela UFSJ. Nesse sentido, poderá ser usado como modelo de competência para uma maior oferta de cursos e vagas em mestrados nesta modalidade por parte da instituição”, explica.

Rede nacional

Criado em 2011, o PROFMAT opera por meio de uma Rede Nacional formada por Instituições de Ensino Superior distribuídas em todo o Brasil, nas quais os discentes estão matriculados e onde as atividades têm lugar. É realizado por uma rede de Instituições de Ensino Superior, no contexto da Universidade Aberta do Brasil, e coordenado pela Sociedade Brasileira de Matemática. O curso da UFSJ é semipresencial, com oferta nacional, e tem o objetivo de aprimorar a formação de professores da educação básica. O programa oferece, por ano, 15 vagas no Campus Santo Antonio (CSA) e 15 vagas no Campus Alto Paraopeba (CAP), com bolsa Capes para todos os selecionados que sejam professores da rede pública.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.