terça-feira, 5 de Maio de 2015 13:53h

Proposta do Estado para servidores da Defesa Social é aceita pelo sindicato da categoria

Os servidores da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) aceitaram a proposta salarial apresentada pelo Governo de Minas Gerais em reunião realizada na tarde de hoje (4/5) na Cidade Administrativa

A reunião foi realizada entre representantes da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e o Sindpúblicos, entidade que representa os servidores da Seds.

O principal item foi a incorporação de 50% do Adicional de Local de Trabalho ao vencimento básico, que teve como referência o valor desse adicional calculado sobre 95% do vencimento do nível I, grau A, das tabelas vigentes. Essa incorporação resultará num reajuste de 47,5%, 37,5% e 30% nas respectivas tabelas de vencimento básico das seguintes carreiras: auxiliar executivo; assistente executivo e analista executivo que atuam nas unidades prisionais e socioeducativas.

A proposta compreende também o compromisso do Governo de buscar, em parceria com os trabalhadores, alcançar, até dezembro de 2018, os valores do vencimento básico inicial proposto pelo próprio Sindpúblicos em documento encaminhado ao governo no dia 11 de abril.

O governo também assegurou à categoria que nos debates sobre a Lei Orgânica da Defesa Social será objeto de estudo a concessão de reajustes salariais para as carreiras de auxiliar executivo, assistente executivo e analista executivo nas mesmas datas e com os mesmos índices dos demais servidores das forças de segurança pública do Estado de Minas Gerais.

A subsecretária de Gestão de Pessoas, Lígia Maria Alves Pereira, que conduziu a reunião com o Sindpúblicos, destacou o êxito da negociação, realizada de forma transparente e em conjunto com o sindicato.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.