terça-feira, 9 de Abril de 2013 05:52h Divulgação

Quase 50 mil pessoas aderem ao Assine + Saúde em BH

Em ato público pela saúde, deputados recebem assinaturas coletadas na Capital

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Dinis Pinheiro (PSDB), percorreu no domingo (7/4) os 2,4 quilômetros de caminhada entre as praças Floriano Peixoto e da Liberdade, em Belo Horizonte, em um ato público pela saúde. O evento marcou mais uma vitória da campanha Assine+Saúde, coordenada pela ALMG, que recebeu quase 50 mil assinaturas arrecadadas na Capital. “Com essas, já temos quase 400 mil assinaturas em todo o Estado. É um espetáculo de civilidade e patriotismo”, disse o presidente da Assembleia.
A campanha tem o objetivo de conseguir apoio para apresentar um projeto de lei de iniciativa popular ao Congresso Nacional para ampliar o investimento federal na saúde. “Essa área não tem sido tratada como prioritária pela União. Os investimentos têm sido feitos apenas pelos Estados e municípios, que acabam sobrecarregados”, afirmou Dinis Pinheiro.
São necessárias 1,5 milhão de assinaturas, provenientes de vários Estados, para que o Congresso aceite o projeto de lei. “O povo tem consciência da insensibilidade do Governo Federal frente à saúde e, por isso, não temos dúvidas de que vamos atingir a marca de 1,5 milhão”, disse o presidente da Comissão da Saúde da ALMG, deputado Carlos Mosconi (PSDB). Além de Dinis Pinheiro e Carlos Mosconi, outros parlamentares representaram a ALMG: Duilio de Castro (PMN), Alencar da Silveira Jr (PDT), Adelmo Carneiro Leão (PT) e Tiago Ulisses (PV).
Obras – Durante o evento, foram assinadas pelo prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), as ordens de serviço para oito novas obras na área da saúde. Serão três novas unidades de pronto atendimento (UPAs), uma maternidade, um centro de referência em saúde mental (Cersam), um complexo de saúde com várias especialidades na região do Barreiro e a reforma de dois centros de saúde.
Na ocasião, o secretário nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda Magalhães Júnior, também entregou 16 ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Dois desses veículos irão ampliar a atual frota da Região Metropolitana de Belo Horizonte, de 29 ambulâncias, e os demais serão para renovação dos carros já disponíveis.
A defensora pública-geral de Minas Gerais, Andréa Tonet, também esteve presente e assinou o termo de cooperação técnica com a Secretaria Municipal de Saúde para divulgar e promover 800 mamografias na cidade. A campanha Saúde e Mulher vai disponibilizar o exame às mulheres entre 45 e 69 anos que se cadastrarem na defensoria pública.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.