terça-feira, 13 de Maio de 2014 07:16h

Recursos do Funcafé estão à disposição dos cafeicultores

O valor de R$ 112 milhões está em instituições financeiras localizadas principalmente no estado de Minas Gerais.

Diante da aproximação do período mais intenso da colheita do café, os produtores rurais podem contar com recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) no valor de R$ 112 milhões.

Este valor, disponibilizado em 2013, é da linha de financiamento de custeio, que pode ser contratada até julho deste ano para as operações de colheita.

Os recursos estão nas instituições financeiras contratadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, são elas o Banco do Brasil, Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Cooperativa Central de Crédito de Minas Gerais (Crediminas), Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Carmo do Rio Claro (Credicarmo), Cooperativa de Crédito em Guaxupé e Região (Agrocredi) e a Cooperativa de Crédito Rural e de Pequenos Empresários (Credivar).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.