sexta-feira, 31 de Maio de 2013 07:35h Agencia Minas

Rede de atendimento da Fundação Caio Martins é ampliada em Minas Gerais

Com ações voltadas a crianças e jovens carentes, instituição agora está presente em mais seis municípios

A rede de atendimento da Fundação Educacional Caio Martins (Fucam) foi ampliada em Minas Gerais. As atividades complementares de marcenaria, padaria, informática, jardinagem, horticultura, bombeiro hidráulico, artesanato, computação, técnicas de escritório e almoxarifado foram reforçadas por determinação do Governo de Minas.

As ações abrangem as oito unidades da Fundação em Minas, nos municípios de São Francisco, Januária, Buritizeiro, Riachinho, Esmeraldas e Juvenília, além da capital, Belo Horizonte. As mudanças atendem à modernização da Fucam, determinada pelo Governo de Minas. Um novo modelo de gestão está sendo implementado, por meio de um conjunto de ações e alterações estruturais e administrativas.

A Fucam acolhe em suas unidades adolescentes e jovens de famílias carentes ou em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, a Fundação atende, em tempo integral, cerca de mil jovens que cursam o ensino fundamental e médio. As ações da Fucam visam promover a inclusão social de jovens e adolescentes através dos pilares de educação, qualificação e desenvolvimento humano.

Por meio da instituição, o Governo de Minas oferece educação complementar para crianças acima dos 6 anos, além de moradia estudantil e cursos profissionalizantes para adolescentes dos 12 aos 18 anos. Desde 1956, ano de fundação da entidade, mais de 50 mil jovens já foram beneficiados.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.