quarta-feira, 4 de Maio de 2011 11:44h André Bernardes

Rede estadual de ensino em Divinópolis conquista primeiro lugar de qualidade de ensino

Uma avaliação feita pelo estado colocou a Superintendência Regional de Ensino de Divinópolis em primeiro lugar em qualidade de ensino

A Superintendência Regional de Ensino de Divinópolis comemora a conquista do primeiro lugar na segunda etapa do “Acordo de resultados da Secretaria de Estado da Educação”. Estes resultados são de uma avaliação feita pelo rendimento escolar, evasão e frequencia dos alunos. A regional de Divinópolis alcançou a nota 9,65.


Em 2007 a Secretaria Estadual de Educação começou a fazer um trabalho de monitoramento nas escolas, o Plano de Intervenção Pedagógica PIP. Na primeira avaliação, foi observado o nível de aprendizagem dos alunos e foi avaliada cada escola, como localização e demanda,estipulando uma meta. De acordo com Vitória Porto, analista educacional, um intenso trabalho integrando a Superintendência e as escolas começou a ser feito. “As escolas começaram a trabalhar com esse plano de intervenção, onde os analistas iam às escolas e a partir daí começou um trabalho conjunto da Secretaria do Estado com a Superintendência e as escolas. As metas são a aprendizagem dos alunos divididas por baixo rendimento, intermediário e recomendável, e a partir desse momento as metas foram projetadas e as escolas alcançam ou não. Para monitorar este trabalho, a Secretaria colocou além da meta, o acordo de resultados, que é um acordo da Secretaria com as escolas para alcance de metas” conta Vitória.


Para esse alcance, foi necessária uma mudança na forma de lecionar. Vitória conta que os professores receberam capacitação e fizeram o aluno ter mais contato com a prática do que com teoria, focando o ensino em concurso e vestibulares.


Os professores receberão em outubro um prêmio de produtividade baseado nesta pontuação. Mas toda a população ganha com esta conquista. “É a melhoria do ensino. Sinal que nossas escolas estão indo bem. Os alunos estão evoluindo mais” alegra-se Vitória.


No ano passado, a nota alcançada foi 7,5. Para o próximo ano, a Superintendência quer chegar a nota 10. “Queremos colocar todos os alunos no nível recomendável. Para isso mudamos o jeito de ensinar, focando concursos, vestibulares’ diz Vitória.


A regional de Divinópolis atende 30 cidades e 148 escolas. A avaliação é feita por uma prova aplicada para alunos do terceiro ano do ensino médio, o Proalfa (Programa de Avaliação da Alfabetização), e uma prova para o quinto e nono ano do ensino fundamental, o Proeb (Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica). A nota final mede a evolução de cada Superintendência Regional de Ensino e escolas estaduais.

 

 


 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.