terça-feira, 25 de Março de 2014 09:54h

Relação com a energia é foco da Semana das Águas na UFMG

Serão apresentados 34 projetos que têm suporte do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento que a Cemig desenvolve.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e a Fundação Centro Internacional de Capacitação, Educação e Pesquisa Aplicada em Águas (Hidroex), promove, a partir desta terça-feira (25/03), a Semana das Águas, com o tema “Água e Energia”. O objetivo do evento, que prossegue até a próxima quinta-feira (27/03) com atividades na UFMG e na Fiemg, é discutir políticas de aprimoramento na conservação desse recurso renovável tão importante para o planeta.

Para a analista de meio ambiente Marcela David de Carvalho, da Cemig, a Semana das Águas é vital para difundir a troca saudável de conhecimento entre os participantes. “O intercâmbio de conhecimento é essencial para uma área que ainda é carente de pesquisas”, afirma. Um dos resultados alcançados pela companhia, no que diz respeito às pesquisas dos recursos hídricos, refere-se ao molusco da espécie Limnoperna fortunei, conhecido como mexilhão dourado. “Quando essa espécie invasora chegou às áreas de concessão da Empresa, sabíamos exatamente o que fazer, e agora com as pesquisas nós continuamos o nosso trabalho de monitoramento e prevenção” destaca Marcela.

O seminário será aberto ao público e contará com palestras, mesas redondas e a mostra científica. Serão apresentados 34 projetos que têm suporte do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que a Cemig desenvolve, em consonância com a sua política de sustentabilidade.

Mostra Científica

O objetivo da mostra científica, que reúne os 34 trabalhos desenvolvidos pelo programa de P&D da Cemig, é promover a transferência contínua de metodologias, conceitos e princípios inovadores produzidos pela comunidade acadêmica, integrando, assim, soluções tecnológicas aplicadas ao setor elétrico.

Os estudos da área ambiental e de planejamento energético da Cemig buscam apresentar soluções inovadoras e com o mínimo impacto possível ao meio ambiente. Dentre esses projetos, destacam-se o desenvolvimento de formas eficazes de monitoramento de sedimentos, o controle de espécies invasoras, o manejo de ictiofauna e o desenvolvimento de bioindicadores que avaliem de forma ampla as regiões estudadas, integrando aspectos físicos, químicos e biológicos do ambiente.

Índice Dow Jones de Sustentabilidade

A energia hidrelétrica é a principal matriz energética do Brasil, sendo que as usinas hidrelétricas respondem pela maior parte da energia gerada. No caso da Cemig, 98% de toda a energia gerada é de origem renovável – hidráulica, mas com participação também de energia eólica. A ênfase no aproveitamento de fontes de energia renováveis, como a energia hidrelétrica, é uma das preocupações da Cemig, única empresa do setor elétrico do Brasil e da América Latina a fazer parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade desde a sua criação que reúne 333 empresas, de 25 países. Permanecer no Índice Dow Jones de Sustentabilidade por 14 anos consecutivos reitera a determinação da empresa em prosseguir com o crescimento sustentável, direcionado para criação de valor para os seus acionistas, empregados, fornecedores e ao bem estar da sociedade.

Serviço:

Evento: Abertura da Semana das Águas

Data: 25/03 (terça feira)

Horário: 8h30 às 12h30

Local: Auditório da Reitoria da UFMG – Av. Antônio Carlos, 6.627 – Pampulha – Belo Horizonte

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.