quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013 12:14h Universidade Federal de São João del-Rei

Restaurante Universitário cadastra clientes vegetarianos

Panquecas, lasanhas e tortas com recheios à base de queijo, de soja e de legumes; escondidinho de soja; "carne" de soja; omeletes. Vegetarianos que fazem uso do Restaurante Universitário da UFSJ (RU) devem se cadastrar para garantir acesso a esses e outros pratos. A ação, coordenada pela Divisão de Assistência e Ações Afirmativas da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (DIAAF/PROAE), tem como objetivo o planejamento quantitativo diário da alimentação pela nutricionista.

A oferta de alimentos vegetarianos no RU começou poucas semanas após sua inauguração. Para Geunice Scola, diretora da DIAAF/PROAE, "fornecer uma opção de alimentação sem carne favorece o despertar de uma consciência nas pessoas, já que a escolha de tal dieta muitas vezes leva em conta os impactos do consumo da carne para os animais, o ambiente e a saúde”. A oferta, então, teria um caráter educativo implícito. "Devemos possibilitar uma alimentação que respeite a todos, a despeito de seus hábitos e preferências", completa.

Mas... e as proteínas? É possível supri-las sem comer carne? Segundo a nutricionista do RU, Josiane Machado, sim, é perfeitamente possível ter uma vida saudável com uma dieta vegetariana, desde que se busque uma alimentação equilibrada. "No caso do ovolactovegetariano, aquele que consome ovos e laticínios, esse equilíbrio é mais fácil", explica, alertando que o vegetariano estrito, ou seja, aquele que além da carne também não consome ovos, laticínios e outros alimentos de origem animal, tem que procurar substituir de forma adequada a proteína, buscar alimentos enriquecidos e suplementação.

Já são 80 que se cadastraram presencialmente, mas acredita-se que o número de clientes vegetarianos seja ainda maior. Josiane explica a importância do cadastro: "no estágio que fiz na UFLA, percebi que a opção vegetariana do restaurante muitas vezes acabava antes que alguns dos vegetarianos chegassem ao recinto. O cadastro elimina essa possibilidade". Além disso, no formulário o cliente poderá especificar se é ovolactovegetariano, lactovegetariano (consome leite e derivados), ovovegetariano (consome ovos), vegetariano estrito ou até mesmo se consome carne branca, favorecendo o planejamento do restaurante.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.