quarta-feira, 9 de Março de 2016 13:15h Agência Minas

Rodoviária de BH tem quadro renovado como parte da série de obras e melhorias

Novamente sob tutela do Estado, o terminal rodoviário vai ganhar, até 2018, intervenções em melhoria dos serviços, mobilidade, segurança e conforto aos usuários

A Companhia Mineira de Promoções (Prominas) publicou, no Diário Oficial Minas Gerais, extratos com o resultado da contratação de serviços relacionados à operação da Rodoviária de Belo Horizonte, reassumida pelo Governo de Minas Gerais na última semana, após estar, desde 2003, sob gestão da prefeitura da capital. Os contratos seguem o ritmo imediato anunciado pela Prominas logo que houve a mudança de gestão.

 

 

 

Os acordos firmados junto às empresas vencedoras de licitações têm impacto direto na prestação de serviços no terminal. “Foram cinco editais abertos, nas áreas de estacionamento e banheiro, limpeza, manutenção, administração e segurança; englobando assim todas as atividades exercidas pelos colaboradores do Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip)”, explica o novo diretor da rodoviária, Luís Felipe Quadros.

Segundo Quadros, todos os novos colaboradores já estão no pleno exercício de suas funções. “Os editais de contratação foram importantes para dar continuidade aos serviços prestados pela antiga administração do Tergip, além de contribuírem para o projeto de melhorias previstas para o Terminal”, observa o diretor.

 

 

 

“A Prominas, por intermédio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), assumiu a administração da Rodoviária justamente com a intenção de realizar obras e melhorias no espaço e serviços. A contratação de novos colaboradores faz parte desse projeto”, finaliza Quadros.

Todos os profissionais entraram em exercício no dia 1º de março, mesmo dia em que o Tergip passou a ser administrado pela Prominas. O início das obras na rodoviária está previsto para janeiro de 2017 e conclusão em 2018.

 

 

 

Retomada

O Estado reassumiu a administração do Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip) como forma de garantir a melhoria dos serviços, conforto, mobilidade e segurança aos usuários do terminal e, ainda, ampliar investimentos estaduais. O terminal rodoviário atende, diariamente, cerca de 40 mil usuários.

A administração é feita, agora, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Codemig) e sua controlada, a Prominas. Nos próximos dois anos, a nova gestão pretende dar rápida sequência aos projetos em andamento.

 

 

 

Entre as intervenções previstas no Terminal Rodoviário Israel Pinheiro e já anunciadas estão:

- instalação de usina fotovoltaica para climatização do local;
- modernização do estacionamento e dos banheiros;
- revitalização dos elevadores;
- construção de rampa interligando rodoviária e estação do metrô;
- instalação de mais câmeras de segurança;
- troca do telhado;
- troca das escadarias por rampas de acesso aos andares;
- aumento nos postos de informação.

 

 

Terminal Metropolitano

Após a conclusão da nova rodoviária, obra de responsabilidade e execução da Prefeitura de Belo Horizonte, o Tergip irá se transformar em um Terminal Metropolitano, com saída e chegada de ônibus para as cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.