quarta-feira, 15 de Outubro de 2014 11:47h

SAAE de Córrego Fundo intensifica campanha contra o desperdício de água

Os fiscais do SAAE estão autorizados a notificar, multar e até suspender o fornecimento de água em casos de desperdício

Começou nesta segunda-feira, dia 13 de outubro, uma campanha do SAAE (Serviço Autônomo de Água

e Esgoto) contra o desperdício de água em Córrego Fundo. Esta campanha está sendo divulgada pela

autarquia visando economizar a água na cidade para que os munícipes não precisem ter o abastecimento

interrompido pela falta de água.

O diretor do SAAE, José Mendes da Silveira, comentou que a razão para a campanha é que a longa estiagem

está afetando a cidade e toda a região em relação ao abastecimento de água. “Em Córrego Fundo, o

abastecimento de água é feito através de poços artesianos, que atendem a cidade e a zona rural. Com a

estiagem, há sim riscos de que os poços sejam insuficientes, por isso é tão importante a colaboração de

todos para que não falte água. Economizando, estamos prevenindo um problema que já afeta a tantas

cidades da nossa região”, explicou.

Segundo José Mendes, não há um ponto específico que esteja mais crítico. “As partes altas da cidade são

as primeira a sofrerem o impacto, caso haja falta de água, porém, a situação atingiria a todo o município

igualmente”.

Foram destacadas algumas ações que serão observadas pelos fiscais do SAAE em toda a cidade, como: lavar

as calçadas de residências e pontos comerciais; lavar carros, caminhões ou motocicletas; aguar as ruas;

vazamentos em caixas d’água, torneiras e afins.

Veja algumas dicas para economizar água e evitar o desperdício:

- Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;

- Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;

- Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;

- Na hora do banho, procurar se ensaboar com o chuveiro desligado e procurar tomar banho rápido;

- Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da

residência, esta prática polui os rios e dificulta o tratamento da água;

- Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;

- Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;

- Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;

- Reutilizar a água sempre que possível;

- Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;

 

- Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;

- Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;

- Captar a água da chuva com baldes. Esta água pode ser usada para lavar carros, quintais e regar

plantas;

- Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com frequência. Outra dica é cobrir a piscina

com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação;

O SAAE disponibilizou o seus telefones (37) 3322-9612 ou (37) 8827-0374 para denúncias de desperdício. Não

será necessário se identificar. As denuncias também podem ser feitas na sede do SAAE, no endereço Av.

Coronel José Justino, no 138, centro de Córrego Fundo.

Este é o segundo alerta que o diretor do SAAE faz em relação ao desperdício de água na cidade. Em agosto

deste ano, o José Mendes orientou a população para a economia de água e falou sobre a seca das nascentes

de água e das cisternas no município.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.