sexta-feira, 23 de Setembro de 2016 12:49h SEGOV

Sábado é o dia D na Campanha Nacional de Multivacinação em Minas Gerais

Objetivo é atualizar o cartão de vacinação de crianças e adolescentes. Estado recebeu 3,4 milhões de doses de vacinas

Neste sábado (24/9) as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de todo o país estarão abertas em função do Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. O objetivo é convocar pais e responsáveis a levarem todas as crianças menores de cinco anos e adolescentes com idade entre nove e 15 anos incompletos para iniciar o esquema vacinal ou completar as doses que estiverem pendentes.  Minas Gerais recebeu 3,4 milhões de doses de vacinas para reforçar seu estoque.

Para as crianças menores de cinco anos treze vacinas diferentes podem ser atualizadas durante a campanha, incluindo a que oferece proteção contra a poliomielite. Sarampo, caxumba, rubéola, febre amarela e catapora são algumas das doenças que podem ser prevenidas com a atualização do cartão de vacinas.

Jovens de 9 a 14 anos

Os jovens entre 9 e 14 anos de idade também fazem parte do público prioritário da campanha. Estão contempladas seis vacinas que protegem contra uma série de doenças, entre elas: hepatite B, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, difteria, tétano, coqueluche e, para as meninas, HPV.

Vale reforçar que quem estiver sem o cartão também deve participar da campanha. A orientação é procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) onde a criança ou adolescente costuma se vacinar, pois lá terá o cartão espelho, documento com os registros de doses que foram aplicadas, bem como as doses que ainda deverão ser administradas. Caso contrário, deverá ser iniciado todo o esquema vacinal, de acordo com a faixa etária corresponde.

Campanha nas redes sociais

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio de sua Assessoria de Comunicação Social, convidou alguns filhos de trabalhadoras e trabalhadores da secretaria que pertencem à faixa etária da campanha para estrelarem de forma voluntária ação nas redes sociais.

“A ideia é engajar os servidores para que eles sintam parte das ações da SES-MG e, com isso, mobilizarem seus amigos, familiares e conhecidos, por meio das redes sociais, sobre a importância da multivacinação”, diz a referência em mobilização social da SES-MG, Susan Prado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.