quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2014 07:30h

Seca e crise do café serão debatidas em audiências públicas

O Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PPS) foi um dos parlamentares que votou a favor da realização de audiência públicas para debater soluções sobre o impacto da seca prolongada no Estado e a crise das cooperativas de cafeicultores.

Os requerimentos foram assinados durante a primeira reunião ordinária da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia de Minas.

“Minas é um estado com uma grande produção agropecuária e a seca tem sido um problema grave, já que afeta toda a abrangência do agronegócio, desde dos criadores de bovinos até o agricultor familiar. Nesse sentindo, entendemos ser necessário a realização de audiências para solicitar apoio à agricultura mineira, em especial para as regiões Sul, Alto Paranaíba, Triângulo, Noroeste, Norte e Zona da Mata”, detalhou Tolentino.

Já a baixa cotação do café no mercado nacional e internacional, que afeta as cooperativas de cafeicultores, em especial das regiões Sul e Zona da Mata, motivou o pedido da segunda audiência pública.

Durante a reunião, os deputados manifestaram a sua preocupação com as dificuldades pelas quais vem passando o setor agropecuário e agroindustrial no Estado, sobretudo com os problemas decorrentes da seca. O presidente da comissão, deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), prognosticou que este ano muitos produtores rurais deverão bater às portas dos bancos, para renegociar dívidas. O deputado Inácio Franco (PV) disse que em 30 anos nunca tinha visto os braços da represa de Três Marias tão secos como viu no último fim de semana. O deputado Romel Anízio (PP), por sua vez, observou que esta é a maior seca dos últimos 50 anos e que os prejuízos também já bateram às portas dos produtores de soja e milho. Os deputados também assinaram os requerimentos para a realização das audiências, que devem acontecer nos próximos meses.

Os parlamentares pretendem convidar para debater o assunto representantes do Banco do Brasil, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater), da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária, da Federação de Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg) e da Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.