segunda-feira, 9 de Novembro de 2015 11:42h

Secretaria de Agricultura sai em socorro de produtores e trabalhadores rurais

Todos os produtores rurais mineiros atingidos pelo rompimento das barragens terão seus financiamentos com o Banco do Brasil prorrogados

A Secretaria de Agricultura MG está implementando ações emergenciais para socorrer os produtores rurais atingidos pelo rompimento de duas barragens de detritos de minério em Mariana, na quinta-feira passada (5/11).O secretário de Agricultura João Cruz procurou no sábado o superintendente do Banco do Brasil (BB) em Minas Gerais, Reinaldo Yokoyama. Ficou acertado que todos os produtores atingidos que tenham operações de crédito com o BB, de custeio ou investimento, terão seus compromissos de pagamento prorrogados. Isso segue os mesmo padrão adotado pelo BB no início deste semestre com os produtores vitimados pela seca extrema.

Somente a cidade de Barra Longa, atingida diretamente por um mar de lama e detritos, tem cerca de 150 produtores. Além disso, os escritórios regionais da Emater-MG em todas as localidades atingidas – mesmo com as dificuldades de locomoção em função de estradas avariadas ou fechadas – estão priorizando levantamentos dos estragos feitos na lavouras e propriedades rurais, usando trabalhos de campo e reconhecimento por satélites.

Equipamentos da Ruralminas (máquinas diversas, tratores e caminhões) alocados em áreas próximas das atingidas serão colocadas à disposição das prefeituras, inclusive com operadores, caso sejam necessários. Outras ações entrarão em curso conforme o desenrolar da situação. Para o secretário João Cruz, o momento é de ação imediata para fazer frente aos grandes estragos, de forma a diminuir os impactos na produção agropecuária dessas regiões, bem como minorar o sofrimento de produtores e trabalhadores rurais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.