sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013 10:25h Agência Minas

Secretaria de Ciência e Tecnologia apresenta modelo de laboratório virtual

Espaço visa dar maior interatividade e auxiliar o processo de aprendizagem. Até março deste ano, a Uaitec disponibilizará cerca de 30 práticas laboratoriais

 Um ambiente virtual, onde os alunos poderão vivenciar de forma prática o conteúdo aprendido nas aulas. Esta é a proposta dos laboratórios virtuais desenvolvidos em conjunto pela Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec) e pelo Centro de Educação Aberta e a Distância (Cead) da Universidade Federal de Viçosa (UFV), que foi apresentada ao secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, e sua equipe.

Os laboratórios virtuais contemplam oito áreas de formação: Matemática, Informática, Bioquímica, Arquitetura, Física, Letras, Química e Biologia. Também fazem parte da proposta jogos educativos, simuladores de laboratórios e vídeos informativos. Um dicionário de libras será disponibilizado para a área de Letras, incluindo verbetes típicos de Minas Gerais.

O objetivo do projeto é inserir ciência e a tecnologia na educação e, posteriormente, compartilhar este material com a rede de ensino público de Minas Gerais. Por esta razão, o público inicial dos laboratórios são os professores de ensino médio e os alunos dos cursos de licenciatura.

Até o mês de março, estarão disponíveis cerca de 30 práticas laboratoriais e, até o final de 2013, serão 195 práticas. Narcio Rodrigues destaca a importância desta etapa do projeto. “É preciso levar educação a toda população, mas, sobretudo, uma educação de qualidade, interessante, que desperte nos jovens o desejo pelo aprendizado,” acredita.

 

Capacitação na Uaitec

 

A Uaitec é um projeto da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) que visa ofertar vagas em cursos de idiomas, tecnólogos, graduação e pós-graduação, com o objetivo de formar profissionais qualificados para atender as demandas por mão-de-obra no Estado, por meio de parcerias com instituições de ensino superior de Minas Gerais.

Até o final de 2013, serão inauguradas 120 unidades em todas as regiões de Minas. Oito unidades já foram abertas: Caeté, Uberaba, Ituiutaba, Santa Vitória, Pouso Alegre, Itajubá, Pedra Azul e Santa Rita do Sapucaí.

Para melhorar a capacitação dos trabalhadores mineiros, foi criado, na Uaitec, o projeto Idioma para Cidadania, que consiste na oferta de cursos de inglês básico, espanhol, francês e português para a população em geral, e inglês pré-intermediário, endereçado a universitários do Programa Ciência sem Fronteiras.

O lançamento do projeto será no próximo dia 18, em solenidade presidida pelo governador Antonio Anastasia, às 14h, no auditório JK. Participam da solenidade o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, e o secretário de Estado, Narcio Rodrigues, além de reitores, estudantes e monitores dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs).

 

Ministro aplaude

 

“O Estado de Minas Gerais está indo além dos projetos lançados pelo governo federal, ele está aperfeiçoando, dando passos à frente, na melhoria e na otimização desses mecanismos que o projeto oferece para promover a educação em geral no país”, afirma o Marco Antonio Raupp, referindo-se ao rumo que o Governo de Minas, por meio da Sectes, tem dado à democratização da educação ao reestruturar os 84 (CVTs).

O ministro ficou impressionado com a instalação e o modelo dos CVTs idealizado pelo secretário Narcio Rodrigues. Raupp disse ainda que espera que ele sirva de exemplo para outros estados brasileiros. “É deste tipo de atitude que o Brasil precisa para retomar fortemente o desenvolvimento, que nos eleva a uma posição de país inovador e que dê oportunidade ao povo”, conclui o ministro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.