segunda-feira, 9 de Julho de 2012 10:43h Mariana Gonçalves

Secretaria de educação faz o 'Dia D' nas escolas estaduais

Foi realizado nesse sábado em todas as escolas Estaduais de Minas Gerais o encontro entre diretores, professores e pais ou responsáveis pelos alunos das 3.762 escolas no Estado.

Foi realizado nesse sábado em todas as escolas Estaduais de Minas Gerais o encontro entre diretores, professores e pais ou responsáveis pelos alunos das 3.762 escolas no Estado. O dia D, como vem sendo chamado, é explicado pela secretária de Educação do Estado, Ana Lúcia Gazzola, “No último dia 4, tivemos uma discussão dos resultados educacionais das escolas, participaram dessa discussão, professores e diretores educacionais. Hoje será o dia de debater estes resultados do dia 4 , com os pais dos alunos”, conta. Os resultados apresentados a comunidade estudantil e aos responsáveis serão os das avaliações externas aplicadas em Minas Gerais (Proeb e Proalfa). 

 

As escolas apresentarão os boletins da avaliação, além de divulgar e discutir as metas e o plano de intervenção pedagógico da instituição. A secretaria, Ana Lúcia,  reforça a importância do contato dos pais com a escola, dizendo que está  comprovado que a aproximação entre a  família e a escola tem tudo a ver com o bom resultado dos alunos.

 

PROJETOS E METAS

 

Durante a manhã de ontem (6), foi realizada a visita da secretária de Educação de Minas Gerais, Ana Lúcia Gazzola, a Divinópolis. O encontro reuniu diretores e supervisores pedagógicos de todas as Escolas Estaduais da cidade. O objetivo, segundo Lúcia Gazzola, é conhecer de perto a equipe de trabalho da educação, além de poder conversar e tirar dúvidas sobre questões relacionadas à gestão, carreira e projetos pedagógicos, afirma.

 


A visita serviu também para dar continuidade, a proposta de encontro da secretaria de Educação, com as Superintendências Regionais de Ensino (SRE) de Minas Gerais. No Estado existem cerca de 47 superintendências de ensino, a meta é que sejam visitadas pelo menos 30 dessas 47.

 

A secretaria de Educação do Estado, falou sobre a abertura de mais cursos profissionalizantes, hoje as escolas estaduais, já oferecem esses cursos, com poucas vagas. A intenção é que haja uma expansão desses cursos para beneficiar um número maior de pessoas. “Nós mantivemos no primeiro semestre por razões orçamentárias todos os cursos que estavam em andamento, mas com poucas vagas. Esperamos alguns meses e agora conseguimos captar recursos no Ministério da Educação. Só 8 Estados da Federação conseguiram recursos, e Minas Gerais foi o estado mais contemplado”,conta, com grande satisfação a secretária.

 

A verba disponível para a educação no Estado, foi de R$ 21 milhões, só para o segundo semestre de 2012. Serão abertas mais 316 novas turmas, para os cursos de magistério nível médio, informática e contabilidade. No total, serão 12.616 novas vagas nos cursos profissionalizante. “Temos ainda algum espaço, para ampliar esta oferta caso haja demanda, e para planejar o futuro”,finaliza.

 

RESULTADOS

 

A visita a Divinópolis, feita pela Secretária de Educação, teve também um importante motivo. A Superintendência Regional, está se destacando no cenário da educação. Dentre esses destaques estão os resultados das da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). “Nos temos aqui um número enorme de medalhas de ouro , prata, e bronze. Temos aqui também  a melhor superintendência entre as 47 do Estado, no processo de gestão por resultados que é o processo realizado pelo Estado”, destaca Ana Lúcia Gazzola.

 


Desde a primeira edição na Obmep, realizada em 2005, os alunos das escolas estaduais da região já conquistaram 309 medalhas. Desse resultado, 65 medalhas foram conquistadas na última competição realizada em 2011.  E sete delas foram medalhas de ouro, dezessete de prata e quarenta e um de bronze.

 

O programa desenvolvido pela Superintendência Regional, que oferece cursos profissionalizantes de nível médio nas escolas Estaduais, já beneficiou 2.713 pessoas com cursos profissionalizantes gratuitos. Na última edição realizada este ano, mais de 1.212 alunos já foram matriculados para as aulas do PEP.
Os programas de avaliação realizados em Minas, Proalfa e ProebMinas foram os primeiros exames realizados do Brasil  que avalia  a fundo, os estudantes da rede estadual de ensino. O Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) mede a capacidade de leitura, escrita e interpretação dos estudantes matriculados no 3º ano do ensino fundamental nas escolas. Já o Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) testa o conhecimento dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática. E é voltado para alunos de 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ano do nível médio.  A rede estadual de ensino de Divinópolis aparece como destaque desta na avaliação do Proalfa. O resultado da última avaliação, realizada em 2011, demonstrou que 94,7% dos alunos das escolas pertencentes à Superintendência Regional de Ensino de Divinópolis estão no nível recomendável de letramento.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.