quarta-feira, 16 de Outubro de 2013 07:11h

Secretaria de Educação participa do Seminário Nacional sobre Reformulação do Ensino Médio

No seminário, que acontece em Brasília, haverá a discussão de propostas e confecção de relatório consolidado dos seminários estaduais

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) participa, nesta quarta-feira (16), em Brasília, do Seminário Nacional sobre Reformulação do Ensino Médio. No evento serão apresentados diagnósticos, ações e propostas sobre a reformulação do ensino médio de todo o país que foram levantadas nos seminários Estaduais, de junho a outubro. O seminário mineiro foi realizado no dia 3 de outubro, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Na ocasião, diferentes organizações ligadas à educação do Estado tiveram a oportunidade de discutir os gargalos nesse nível de ensino e apresentar as ações que vêm desenvolvendo.

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais é um destaque do evento, já que é a secretaria que tem hoje o programa mais consolidado nessa etapa de ensino, o ‘Reinventando o Ensino Médio’. Para a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, o seminário e a iniciativa mineira apontam questões importantes em comum. “Acho que é um seminário extremamente importante e vem apontando em direção de algumas convergências que são sintomáticas e que indicam que estamos todos no caminho certo: a necessidade de associar formação de professores a novos modelos de ensino médio; de se trabalhar com temas transversais, interdisciplinaridade e multidisciplinaridade com pensamento em áreas; de se fazer pontes entre o mundo da escola e o mundo do trabalho e associar ensino médio a educação profissional; como fazer do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) um instrumento para promover as mudanças necessárias... enfim, há muitas convergências”.

Na abertura do evento, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que espera rapidez nas conclusões do Seminário para que elas possam ser colocadas em prática. “O Ministério da Educação (MEC) está acompanhando as discussões de vocês, queremos que em outubro vocês concluam esse trabalho para que possamos usá-lo como subsídio para as ações pedagógicas e para as iniciativas do MEC para 2014”, afirmou.

Além do ministro, participaram da abertura o deputado Reginaldo Lopes, presidente da ‘Comissão Especial Destinada a Promover Estudos e Proposições para a Reformulação do Ensino Médio’, Severine Macedo, secretária Nacional da Juventude, deputado Wilson Filho, relator da Comissão, e Maria Nilene Badeca da Costa, presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).

A secretária ainda destaca que as propostas que surgem do seminário são importantes para a educação de todo o País e contemplam da mesma forma todos os jovens. “O mais importante é que não se propõe um modelo único, mas um reconhecimento das diversidades do país. A ideia de ter um currículo com conteúdos básicos, mas que possa ser flexível e que possa ser complementado de acordo com contextos históricos, culturais, expectativas, essas grandes diversidades que marcam não só a nossa juventude brasileira, mas o nosso país como um todo”, afirma.

O seminário terá várias ações ao longo do dia. O primeiro painel do dia será apresentado pela SEE. A secretária Ana Lúcia Gazzola, em nome do Consed, falará sobre ‘Currículo e Diretrizes Curriculares’. Serão reflexões sobre mudanças em currículo, diretrizes curriculares, e outras questões associadas no ensino médio. A apresentação pode ser acompanhada pela internet.

O restante da programação, que também poderá ser vista pelo mesmo endereço, inclui os temas ‘Integração do Ensino Médio com Educação Profissional’, ‘Formação de Professores e Gestores’, ‘Condições de Oferta de Ensino Médio e Infraestrutura’ e ‘Instrumentos de Avaliação Utilizados pelo MEC’.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.