terça-feira, 16 de Dezembro de 2014 08:52h

Secretaria de Estado de Saúde lança game para celular e tablet

O objetivo é utilizar a plataforma para mobilizar crianças e adolescentes sobre como evitar a Dengue e a Febre Chikungunya

As artes e o lúdico são importantes aliados para mobilizar pessoas e influenciar na mudança de hábitos. Os contos de fadas, por exemplo, originários do período da idade média corroboram com essa afirmação. Na era do digital, o lúdico ganha novo formato e é transferido para os aparelhos eletrônicos. Assim, os games tornam-se ambientes de grande interesse também para a saúde pública, especialmente quando se considera que o Brasil é o quarto país em consumo de games no mundo. Sensível a esse cenário, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais lança, nesta quarta-feira (17/12), às 10h, no Espaço do Conhecimento UFMG, no Circuito Cultural da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, o jogo “Acabe com o mosquito”.

O objetivo é utilizar a plataforma para sensibilizar a população sobre a importância de cada cidadão fazer sua parte com cuidados simples, como manter limpos quintais e outras áreas da casa que podem acumular água e facilitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti que transmite a Dengue e a febre Chikungunya. O game ainda fornece informações sobre a diferença entre as duas doenças, sintomas e tratamento.

O jogo tem 11 fases e em cada uma delas os jogadores devem ser capazes de superar os desafios enquanto aprendem sobre as doenças (sintomas, riscos da automedicação etc. E, ainda, são desafiados a eliminar focos do mosquito, tapando caixas d’água, virando garrafas, eliminando pratos de plantas, entre outras ações.

Os personagens do jogo fazem parte de uma família formada por pai, mãe, uma filha adolescente, um filho e um cão. Moram em uma casa com quintal, sendo todos responsáveis por manter o mosquito longe da residência. Além dos mosquitos que deverão ser evitados, o jogo também terá outro personagem: uma lagartixa, que será um vigilante da família e cuidará do bem-estar dela.

“O jogo desperta na pessoas a lembrança sobre os cuidados a serem adotados no dia a dia de uma forma divertida e lúdica. São apresentados os focos de proliferação do mosquito, sintomas da doença e principalmente a ação da família no cuidado com sua casa, deixando claro que mais do que ter a informação é preciso que as pessoas ajam”, avalia o coordenador de publicidade da Secretaria de Estado de Saúde, Thiago Peixoto.

O jogo é compatível com as plataformas Android, Apple e Windows Phone e estará disponível para baixar gratuitamente nas lojas online de cada uma delas.  Sites de redes sociais como Facebook e Youtube também serão usados com posts de divulgação do game. Palavras-chave relacionadas à campanha serão promovidas para dar visibilidade à campanha no site de buscas Google. Para mais informações acesse www.saude.mg.gov.br/acabecomomosquito

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.