terça-feira, 3 de Fevereiro de 2015 12:07h

Secretário de Cultura visita obras do Centro Cultural Presidente Itamar Franco

Secretaria define valores para 2015 das parcerias do Circuito Cultural Praça da Liberdade e da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

O secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, Angelo Oswaldo, e o diretor-presidente da Codemig, Marco Antônio Soares da Cunha Castello Branco, visitaram as obras do Centro Cultural Presidente Itamar Franco, em Belo Horizonte. O local também irá abrigar as sedes da Rede Minas, Rádio Inconfidência e do Instituto Cultural Filarmônica.

O diretor-presidente da Codemig, Marco Antônio Soares da Cunha Castello Branco, ressaltou a importância do empreendimento. "É com muito otimismo que vejo o avançar dessas obras do Governo de Minas. Trata-se de um empreendimento cultural público, feito para os cidadãos, sendo este um modelo, no que se refere ao conceito de espaço auto-sustentável", disse.

Angelo Oswaldo salientou que a secretaria de Estado de Cultura está empenhada em levar a bom termo tanto as obras físicas, quanto o projeto artístico do Centro Cultural Itamar Franco. “Vamos fazer isso de uma maneira clara e transparente, buscando a mais ampla participação e a democratização do acesso aos resultados”, afirmou o secretário.

O presidente da Cemig, Mauro Borges, elogiou o empreendimento e confirmou a parceria da Cemig com a Filarmônica. Também presentes: o secretário adjunto de Estado de Cultura, Bernardo Novais da Mata Machado; o presidente da Cemig, Mauro Borges; o presidente do Instituto Cultural Filarmônica, Diomar da Silveira; o chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Cultura, Evandro Xavier Gomes; a diretora de Gestão de Negócios da Codemig, Fernanda Machado, entre outros.

Termos de parceria

Em solenidade ocorrida na última semana, foram assinados, na Secretaria de Estado de Cultura (SEC), importantes documentos que formalizam a parceria entre a SEC e duas Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs): o Instituto Cultural Filarmônica e o Instituto Cultural Sérgio Magnani.

Os Termos de Parceria são “contratos” entre a Secretaria e tais instituições, contendo metas e resultados, definidos pela SEC, para que as OSCIPs executem políticas públicas ao longo de 2015. O Instituto Cultural Filarmônica contará com um repasse de R$ 18,3 milhões para gerir a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais este ano, garantindo a execução de sua vasta programação. Já o Instituto Cultural Sérgio Magnani receberá, neste ano, R$ 4,5 milhões para a gestão do Circuito Cultural Praça da Liberdade.

O ato de assinatura contou com a presença do secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo; do secretário adjunto, Bernardo Novais da Mata Machado; dos supervisores dos termos de parceria, André Ferreira e Lucas Fainblat, ambos técnicos da SEC; do técnico responsável pelas parcerias, na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG), Eduardo Campos Prosdocimi; do presidente do Conselho de Administração do Instituto Cultural Sérgio Magnani, Marco Antônio Pepino; do diretor Administrativo e de Finanças do Instituto Cultural Sérgio Magnani, Leopoldo Spinola de Andrade; dos diretores de Projeto do Instituto Cultural Sérgio Magnani, Catiara Mello Afonso e Gustavo Caram. Representando o Instituto Cultural Filarmônica Diomar Silveira, diretor-presidente; e Estevão Fiuza, diretor administrativo-financeiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.