segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016 11:38h Agência Minas

Secretário de Direitos Humanos dá posse a membros do Conselho Estadual do Idoso

O mandato é de três anos, com possibilidade de reeleição. A cerimônia aconteceu na Casa de Direitos Humanos, em Belo Horizonte

O secretário de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda, deu posse aos nove membros da sociedade civil que integram o Conselho Estadual do Idoso (CEI), nesta segunda-feira (29/2). Eles terão um mandato de três anos, com possibilidade de reeleição. A cerimônia aconteceu na Casa de Direitos Humanos, no centro de Belo Horizonte.

 

 

 

Durante a posse, Nilmário Miranda afirmou que a meta da Sedpac para este ano é fortalecer os conselhos e investir na formação de seus participantes. “Ano passado realizamos sete conferências, dentre elas a da pessoa idosa. Agora vamos fortalecer os conselhos. É preciso ouvir para avançar. É com a participação social que o direito sai do papel”, disse o secretário.

Para o coordenador Especial de Políticas para o Idoso, Dilson José de Oliveira, a composição do Conselho do Idoso (governo e sociedade civil) é primordial para a construção de políticas públicas voltadas à pessoa idosa.

 

 

 

“Esta composição paritária é fundamental para o olhar da politica: o lado do gestor, aquele que executa a política, e o lado das entidades, das instituições e das pessoas que convivem no dia a dia com a política pública. Então, esta junção é fundamental para fazer uma construção pensada nos dois lados: governo e sociedade civil”.

O psicólogo e professor da Unipam, Thiago Vasconcelos, que tomou posse como conselheiro representando a Fundação Educacional de Patos de Minas, lembrou do desafio que os novos membros do CEI têm pela frente.

 

 

 

“Estamos prontos para ajudar a implementar a política de atenção à pessoa idosa em todo o Estado. A nossa contribuição enquanto representação da sociedade civil e instituição de ensino superior é trazer um olhar mais acadêmico e científico para as políticas públicas voltadas para este segmento da população”.

Tomaram posse representante das seguintes entidades: Movimento de Luta Pró Idoso de Minas Gerais, Fundação Educacional de Patos de Minas, Clube da Melhor Idade de Janaúba, Asilo Santo Antônio, Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade de Minas Gerais, Providência Nossa Senhora da Conceição, Associação dos Cuidadores de Idoso de Minas e Instituto Educação e Cidadania.

 

 

 

Conselho

Criado em 1999, o Conselho é um órgão deliberativo e controlador das políticas e das ações voltadas ao idoso no âmbito estadual. É formado por membros do poder público e da sociedade civil e tem entre seus principais objetivos ajudar na formulação da política estadual dos direitos dos idosos, propor o desenvolvimento de ações voltadas para esse segmento da população, tornar mais conhecidas as normas constitucionais e legais referentes ao idoso e fiscalizar o cumprimento dessa legislação.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.