terça-feira, 11 de Dezembro de 2012 05:25h

SEE conclui prazo de inscrições para 50 mil vagas no ensino técnico

Estão abertas as inscrições para a oferta de cursos no Programa de Educação Profissional (PEP), da Secretaria de Estado de Educação (SEE)

No Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec), que, em Minas, também é coordenado pela SEE. Ao todo, são quase 50 mil vagas ofertadas em várias regiões do Estado. As inscrições ficarão abertas até o dia 17 de dezembro.Para se inscrever, o interessado deve acessar apágina do PEP. No ato da inscrição, ele deve informar em qual dos programas deseja concorrer a uma das vagas. Independente do programa escolhido, o candidato precisará do número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para se inscrever. No caso do PEP, ele também deverá informar o número do documento de Identidade. O candidato que necessitar de atendimento especial deverá fazer a solicitação no ato da inscrição, informando a necessidade.A seleção dos candidatos para os dois programas será feita por meio de uma única prova que será aplicada no dia 13 de janeiro de 2013. O exame será composto de questões de Língua Portuguesa e Matemática, abrangendo os Conteúdos Básicos Comuns dessas duas disciplinas.


CRITÉRIOS

No PEP são ofertadas 30 mil vagas para 2013. Para participar do programa, o interessado deve estar matriculado no ensino médio regular ou na modalidade de Educação de Jovens e Adultos para este mesmo nível de escolaridade na rede estadual. Também podem concorrer às vagas aqueles que já concluíram o ensino médio em qualquer rede de ensino, seja pública ou particular, desde que não estejam cursando o ensino superior.Já no Pronatec, as 18.533 vagas são destinas exclusivamente a estudantes. Podem concorrer alunos que, em 2013, estejam matriculados no ensino médio da rede pública (municipal, estadual ou federal), seja no ensino regular ou na modalidade de Educação de Jovens e Adultos. Da rede particular, só podem participar os alunos que cursam todo o ensino médio na condição de bolsista integral.“O PEP hoje está mais voltado para os municípios estratégicos que estão recebendo mais financiamentos e novas empresas. Já em outros municípios, onde existem instituições do sistema S e Institutos Federais de Educação Tecnológica a oferta do ensino técnico será dada via Pronatec. Com os dois programas, o nosso leque de oportunidades é bem maior”, explica a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Raquel Elizabete de Souza Santos.


PEP


O Programa de Educação Profissional oferta, em sua 7ª edição, mais de 50 cursos, em 82 municípios mineiros. Os cursos ofertados atendem a 12 eixos tecnológicos, sendo eles: Turismo, Hospitalidade e Lazer; Segurança; Recursos Naturais; Produção Industrial; Produção Cultural e Design; Produção Alimentícia; Infraestrutura; Informação e Comunicação; Gestão e Negócios; Desenvolvimento Educacional e Social; Controle e Processos Industriais e; Ambiente Saúde e Segurança.No programa, a Secretaria de Estado de Educação assume o pagamento integral do curso o aluno, o que inclui o material didático. No PEP, os cursos são ofertados por instituições que integram a Rede Mineira de Formação Profissional Técnica de Nível Médio.


PRONATEC


No Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico, as vagas são ofertadas no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/MG) e no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/MG).Existem vagas em 42 diferentes cursos ofertados em 77 municípios mineiros. Entre os cursos que compõe a oferta de vagas estão: Mecânica, Eletrônica, Química, Edificações e Alimentos. Os alunos classificados para o Pronatec recebem uma assistência estudantil para o transporte escolar, alimentação e material didático.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.