segunda-feira, 8 de Junho de 2015 10:47h Atualizado em 8 de Junho de 2015 às 10:51h.

Semana do Meio Ambiente reflete sobre qualidade de vida e desenvolvimento sustentável

O evento é um importante momento de reflexão sobre o papel e a importância dos recursos naturais para o bem-estar e o planejamento de ações

Com o tema Direito de Usar, Dever de Cuidar, a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) promove, entre os dias 9 e 10 de junho, a Semana do Meio Ambiente 2015. O evento é um importante momento de reflexão sobre o papel dos recursos naturais para a qualidade de vida e para o desenvolvimento sustentável, bem como para o planejamento de ações a fim de se atingir esses objetivos.

Ano Internacional do Solo

A degradação constante do solo representa um dos maiores riscos para a manutenção da vida no planeta. Sua importância não se restringe apenas à agropecuária, mas abrange também a sustentação das cidades e grandes empreendimentos industriais, como a extração do minério. Assim, a ONU escolheu 2015 como o Ano Internacional do Solo, a fim de promover debates e reflexões sobre o tema.

A programação desta terça-feira (9/6) será destinada ao assunto. Os seminários O Papel do Solo para um Planeta em Mudança e As Energias Renováveis e as Mudanças Climáticas acontecem no Auditório do Museu de Ciências Naturais da PUC Coração Eucarístico, em Belo Horizonte, entre 9h e 12h30.

A palestra Ano Internacional do Solo: Por que Proteger Nossos Solos?, ministrada pelo professor Guilherme Taitson Bueno, da PUC Minas, abre a programação, às 9h. Às 9h40, o professor Walter Abrahão, da Universidade Federal de Viçosa, aborda o tema A Diversidade dos Solos e sua Importância Ambiental.

Logo após, às 10h40, acontece a palestra Radionuclídeos Naturais e Elementos Tóxicos Presentes no Solo e seu Potencial de Contaminação, com a pesquisadora do Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear, Vanusa Maria Delage Feliciano. Flávio Morais de Vasconcelos apresenta, em sua palestra, às 11h20, o tema Atividades Industriais e de Mineração e seus Impactos no Solo.

Paralelamente, no auditório do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), transcorre o seminário As Energias Renováveis e as Mudanças Climáticas, onde serão debatidos os temas Plano de Energia e Mudanças Climáticas de Minas Gerais, Plataforma Clima–Gerais; Fundo para Mudanças Climáticas de Minas Gerais; Cooperação Internacional Minas Gerais-França para Mudanças Climáticas; e as Perspectivas para a Cooperação Internacional Minas Gerais-França.

Encerramento da Semana

O encerramento oficial da Semana do Meio Ambiente 2015 acontece na quarta-feira (10/06), de 9h às 12h, no auditório do BDMG, com a participação do embaixador Paulo Miranda, do secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Luiz Sávio Souza Cruz, da secretária-adjunta, Marília Carvalho de Melo, e de representantes do Ministério das Relação Exteriores, Feam, Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Copasa.

Na oportunidade, será lançado o Plano de Controle de Poluição Veicular no âmbito da Política Nacional de Mobilidade Urbana, que visa minimizar a poluição atmosférica provocada pela emissão de dióxido de carbono, um dos principais causadores do aumento do efeito estufa.

O presidente da Feam, Diogo Melo Franco, e a diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da Feam, Janaína Maria França dos Anjos, entregarão a Carta de Belo Horizonte 2014 ao secretário Luiz Sávio Souza Cruz e ao embaixador Paulo Miranda. Em 1994, a Cemig sediou o I Fórum Mineiro de Energias Renováveis, onde ficaram estabelecidas metas, a serem cumpridas nos 20 anos seguintes, no documento conhecido como Carta de Belo Horizonte.

No ano passado, foi realizado um balanço para identificar quais metas foram cumpridas. Foi feita, ainda, uma projeção dos objetivos a serem alcançados nos próximos 20 anos. O balanço e a projeção compõem a Carta de Belo Horizonte 2014.

Haverá, ainda, o lançamento do VI Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade e Amor à Natureza, uma iniciativa do Grupo Ecológico, formado pela Revista Ecológico, pela Hiram Firmino Consultoria & Comunicação Ambiental e pelo Movimento Sou Ecológico. A proposta é mostrar e premiar os melhores exemplos de gestão, recuperação e preservação ambiental em todos os estados brasileiros.

O grande homenageado e a inspiração artística da maior premiação ambiental do Brasil em 2015 será a obra poética de Carlos Drummond de Andrade. Nascido em Itabira, no coração férreo de Minas, ele não poupou versos de denúncia nem de exaltação à natureza que todos deveríamos amar e preservar.

No final da manhã, o embaixador Paulo Miranda apresentará a palestra Brasil e Minas Gerais rumo à COP21. A Conferência de Mudanças Climáticas das Nações Unidas acontecerá no final deste ano, na França, quando 194 países, entre eles o Brasil, assumirão o compromisso de adotar medidas para combater as ações humanas que provocam mudanças climáticas prejudiciais ao meio ambiente.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.