quarta-feira, 20 de Abril de 2016 10:45h Agência Minas

SES-MG orienta municípios a anteciparem Campanha de Vacinação contra Gripe

A orientação se dá pela detecção do predomínio da circulação do vírus Influenza A (H1N1) dentre os demais vírus respiratórios

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recomenda a todos os municípios mineiros que deem início à Campanha de Vacinação contra Gripe no próximo dia 25/4 (segunda-feira).

A orientação para a antecipação se dá pela detecção, por parte da Vigilância Epidemiológica da SES-MG, do predomínio da circulação do vírus Influenza A (H1N1) dentre os demais vírus respiratórios; e atende também a solicitações feitas pelos próprios municípios mineiros: “Determinando uma data única, conseguimos evitar que pessoas que devem se vacinar tenham que se deslocar de seus municípios a outros, e assim minimizar possíveis problemas de desabastecimento localizados”, explicou o Superintendente de Vigilância Epidemiológica, Ambiental e Saúde do Trabalhador da SES-MG, Rodrigo Said.

 

 



A meta é vacinar 80% do público alvo definido pelo Ministério da Saúde, composto por cerca de 4,9 milhões de pessoas, entre idosos acima de 60 anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e 5 anos de idade, profissionais de saúde, indígenas, além dos doentes crônicos, como pessoas com diabetes, asma, bronquite e hipertensão, dentre outros grupos. Em 2015, Minas Gerais atingiu 91% do público prioritário da Campanha.

Até o momento, cerca de 2,2 milhões de doses já foram encaminhadas às Regionais de Saúde do Estado para distribuição aos municípios, quantitativo que corresponde 40% das doses (cerca de 5,2 milhões) já enviadas pelo Ministério da Saúde a Minas Gerais. Segundo cronograma da pasta, a distribuição das vacinas ocorrerá em seis etapas até o mês de maio, com respectivas redistribuições às Regionais de Saúde pela SES-MG.

 



Hábitos de higiene ajudam a combater a doença

A SES-MG também orienta a população a adotar hábitos simples, porém muito eficazes para reduzir o risco de adquirir ou transmitir a gripe:
- Lavar bem as mãos com água e sabão com frequência;
- Utilizar o antebraço ou o lenço de papel quando for tossir ou espirrar - evitando assim cobrir a boca com as mãos
- Evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies;
- Não compartilhar objetos de uso pessoal e
- Manter os ambientes bem ventilados

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.