terça-feira, 22 de Setembro de 2015 12:34h

Sindicato dos Jornalistas é homenageado no Plenário

Setenta anos da entidade foram comemorados em Reunião Especial realizada na noite desta segunda-feira (21)

Em Reunião Especial de Plenário na noite desta segunda-feira (21/9/15), a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) homenageou o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG) pelos 70 anos de sua fundação. A reunião foi presidida pelo deputado Ricardo Faria (PC do B) e contou com a presença de ex-dirigentes da entidade, profissionais da imprensa, representantes de veículos de comunicação e autoridades políticas.

Autor do requerimento da homenagem, o deputado Rogério Correia (PT) se lembrou do começo de sua atuação como militante para registrar que, durante a ditadura militar, foi na Casa dos Jornalistas, sob a gestão do ex-presidente Dídimo Paiva,  que foram rodados boletins de greves. “Isto mostra o espírito democrático da entidade”, exemplificou o deputado ao defender vigilância sobre tentativas de retrocesso. Nesse sentido, citou a aprovação de Projeto de Lei de sua autoria que instituiu a Semana Estadual pela Liberdade de Expressão, pela Democratização dos Meios de Comunicação e pelo Direito à Informação Pública.

O presidente do sindicato, Kerison Lopes, recebeu placa comemorativa e destacou em seu pronunciamento que o momento em que se comemora os 70 anos do sindicato é oportuno para ressaltar a responsabilidade individual e coletiva dos jornalistas na construção de uma sociedade livre e justa.

O jornalista também destacou que a homenagem da Assemleia coincidiu com a passagem do Dia Internacional da Paz, o que, segundo ele, deu ainda mais sentido à comemoração. “Quando a entidade foi criada estava chegando ao fim a II Guerra Mundial”, frisou Kerison Lopes, enumerando passagens da história do sindicato,  abrigando encontros de resistência à censura, acolhendo movimentos como das Diretas Já e pela liberdade sindical, entre outros. “O momento é de celebrar uma longa tradição democrática do sindicato e de reafirmar a liberdade como princípio”, pontuou o dirigente.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.