domingo, 1 de Janeiro de 2012 07:40h Atualizado em 1 de Janeiro de 2012 às 07:41h. Dácio Fernandes

Sobe para 44 o número de cidades que decretam situação de emergência devido ao período chuvoso

Subiu para 44 o número de cidades que decretaram situação de emergência em Minas Gerais devido ao período chuvoso, de acordo com boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual na manhã deste sábado (31). Os novos municípios que integraram a lista são Brasília de Minas, na região Noroeste do Estado, Ouro Preto e São Sebastião do Rio Preto, na região Central, e Poço Fundo, no Sul de Minas. O estado de emergência permite que as prefeituras das cidades façam obras emergenciais sem a abertura de edital de licitação, o que aumenta a rapidez dos trabalhos.

Em Brasília de Minas, o poder executivo local decretou situação de emergência devido aos estragos causados após uma forte chuva registrada no dia 16/12. Algumas pontes e estradas rurais do município ficaram intransitáveis. Em Ouro Preto, o estado é decorrente de fortes temporais que atingiram a cidade nessa quinta-feira (29) e sexta-feira (30), que provocaram 110 deslizamentos, três inundações, seis quedas parciais de residências e duas quedas totais. Todo o prejuízo deixou 24 pessoas desalojadas e outras 48 desabrigadas.

Já em São Sebastião do Rio Preto, as autoridades da cidade contabilizaram vários estragos depois de uma forte chuva ocorrida no dia 20/12, que provocou inundações em vários pontos e danos em vias públicas. Em Poço Fundo, um forte temporal atingiu a cidade no dia 30/12 e destruiu várias pontes e estradas de terra.

Até este sábado, a Defesa Civil Estadual havia contabilizado que 101 municípios mineiros já foram afetados pelos transtornos causados pelo período chuvoso. Ao todo, 9.365 ficaram desalojadas, 404 desabrigadas, 32 feridas e duas morreram em decorrência da chuva. Já em relação aos danos materiais, 2.420 casas foram danificadas, 84 destruídas, 71 pontes danificadas e 75 destruídas. O órgão soma 2.121.144 de pessoas que foram afetadas em todo o Estado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.