quarta-feira, 24 de Agosto de 2016 22:31h Atualizado em 24 de Agosto de 2016 às 23:31h. Assessoria de Imprensa Ministério do Trabalho

Superintendência participa do Circuito de Seminários “Empregabilidade da Pessoa com Deficiência”

Ação busca orientar empresários sobre mudanças e avanços da Lei Brasileira de Inclusão

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais (SRTE/MG) participa, nos dias 24, 25, 26, 29 e 30 de agosto, do Circuito de Seminários “Empregabilidade da Pessoa com Deficiência”. O evento tem o objetivo de reunir as empresas da Região Metropolitana de Belo Horizonte que tenham mais de 100 funcionários para discutir questões acerca da empregabilidade da pessoa com deficiência. O Circuito, que é realizado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDESE), em parceria com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), acontece nos municípios de Sabará, Ibirité, Nova Lima e Ribeirão das Neves.

Durante o Circuito de Seminários, as auditoras fiscais do Trabalho, Patrícia Siqueira Silveira e Lailah Vasconcelos de Oliveira Vilela, servidoras do Núcleo de Igualdade e Oportunidades (NIO) da SRTE/MG, ministrarão palestras sobre a Lei Brasileira da Inclusão (LBI), que completou um ano no último dia 6 de julho. De acordo com a Patrícia Siqueira, a Lei de Cotas é uma das garantias para que a pessoa com deficiência seja incluída no mercado de trabalho. “É importante ressaltar que 92% das pessoas com deficiência que estão atuando no mercado hoje são empregadas por empresas que têm a obrigação de cumprir a lei de cotas”, afirma Patrícia.

Somente no período de janeiro a julho de 2016, a SRTE/MG realizou 444 ações fiscais para verificação do cumprimento das vagas reservadas para pessoas com deficiência. Por meio dessas ações, houve a contratação de 2.411 pessoas e de 279 aprendizes com deficiência no estado.

Ações afirmativas - A Superintendência desenvolve também ações afirmativas que promovem a empregabilidade da pessoa com deficiência. Dentre essas ações, há o Projeto de Aprendizagem para Pessoas com Sofrimento Mental, em que ao final da instrução as empresas participantes do projeto passam a integrar o aprendiz em seu quadro de colaboradores.

Além disso, a Regional mineira administra o Balcão de Oportunidades de Emprego (BOE) que é um banco de dados que contém cadastro de 4151 pessoas com deficiência e 215 trabalhadores reabilitados pelo INSS. “Trata-se de uma ferramenta de inclusão colocada à disposição das empresas que precisam adequar-se à Lei das Cotas, afirma Patricia Siqueira. De acordo com ela, somente esse ano, o BOE encaminhou 1259 candidatos aptos para serem admitidos.

Outra atuação do Núcleo é combater a discriminação e os assédios (moral e sexual) para garantir a diversidade no mundo do trabalho. Para tanto atende trabalhadores que foram vitimas desse sofrimento orientando e formalizando as denúncias para buscar administrativamente resolver o problema.

Programação do evento:

Dia 24 – Ribeirão das Neves
Horário: 14h
Local: Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)
Rua Taiobeiras, 169 – Bairro Sevilha B

Dia 25 – Sabará
Horário: 14h
Local: Cine Bandeirante – Praça Augusto Dias, Centro Histórico

Dia 26 – Ibirité
Horário: 14h
Local: Auditório da Secretaria de Educação (sede da prefeitura)
Rua Arthur Campos, 906

Dia 29 – Nova Lima
Horário: 14h
Local: Auditório da Faenol
Rua Poços de Caldas, 285 – Bairro Campos Pires

Dia 30 – Ibirité
Horário: 14h
Local: Secretaria de Educação
Rua Felipe dos Santos, 320 – Centro

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.