quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 06:49h Associação Mineira de Supermercados – AMIS

Supermercados mineiros crescem 4,96% em 2012

Setor anuncia abertura de 43 unidades em 2013, com investimento de R$ 300 milhões e geração de 8 mil postos de trabalho

O setor supermercadista de Minas Gerais apresentou crescimento de 4,96% no ano de 2012, em relação a 2011. Este é o resultado acumulado apresentado pelo balanço anual do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (AMIS), com empresas de todas as regiões do Estado.

 

Este resultado próximo de 5% para o setor em 2012 é ligeiramente superior ao estimado pela AMIS para o ano. A entidade previa um crescimento na casa de 4% a 4,5%, mas os investimentos na melhoria do setor e o baixo nível de desemprego, que significou um consumidor com sua renda mantida, favoreceram as vendas do setor.

 

O resultado também supera o crescimento geral da economia brasileira que está estimado em uma expansão em 2012 em torno de 1% para o PIB.

 

Dezembro

 

O crescimento de 23,95% em dezembro frente a novembro já era dado como certo. O movimento no varejo ocasionado pelo Natal costuma elevar o faturamento do setor a números sempre acima de 15% no comparativo com o mês anterior.

 

Por outro lado, comparando-se dezembro de 2012 com dezembro de 2011, o crescimento de vendas foi pequeno, com  o desempenho alcançando elevação de 0,15%.

 

Os números já estão deflacionados pelo IPCA do IBGE.

 

Variação regional – dezembro x  novembro

MG

23,95%

Central

26,42%

Centro-Oeste

24,95%

Norte/Noroeste

24,96%

Rio Doce

24,29%

Sul

21,97%

Triângulo/A. Paranaíba

17,50%

Zona da Mata

23,46%

 

R$ 300 milhões em investimento em 2013

A previsão da direção da Associação Mineira de Supermercados (AMIS) é de que os supermercadistas mineiros invistam R$ 300 milhões na abertura e reforma de lojas no estado ao longo de 2013. Pelo menos, 43 unidades serão abertas totalizando 6.883 pontos de vendas no setor em Minas Gerais. De acordo com apuração da entidade, 58 unidades serão reformadas e ou/ampliadas.

A direção da AMIS projeta, ainda, crescimento de 4% para o setor em 2013, avanço que elevará o faturamento do segmento para próximo de R$ 15 bilhões no ano.

Os postos de trabalho gerados devem passar de 148 mil em 2012 para 156 mil empregos diretos em 2013. O numero de novos empregos repetirá o de 2012: 8 mil novos postos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.