sexta-feira, 29 de Junho de 2012 15:41h Flaviane Oliveira

Supermercados mineiros registram alta nas vendas

A Associação Mineira de supermercados (Amis) comemora os resultados do acumulado nas vendas dos últimos cinco meses. A vendas nos supermercados mineiros acumulam 7,2% de expansão  até maio  Belo Horizonte, junho de 2012. Nos cinco primeiros meses de 2012, as vendas dos supermercados mineiros aumentaram 7,29%, em relação ao mesmo período de 2011. No comparativo de maio deste ano, mês de referência da pesquisa, com maio do ano passado o resultado foi positivo em 8,41%.

 


Porém, o que não agradou foi o resultado observado na comparação entre os meses de abril e maio, período onde houve retração de 2,67%. Todas as regiões do estado apresentaram crescimento negativo no último mês. Esses números foram apontados pelo Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados com empresas de todo o estado. No centro-oeste, a queda nas vendas foi de 3,92%.

 


Adilson Rodrigues, superintendente da Amis, ressalta que os resultados, apesar da queda no mês de maio, são positivos, uma vez que o setor deve fechar o ano com um percentual positivo de 4%. Dois pontos são apontados como responsáveis pela pequena queda nas vendas do setor. Uma delas é o endividamento da população devido à aquisição de bens e o endividamento. O segundo ponto é a taxa de juros como as praticadas pelas operadoras dos cartões de crédito.

 


O superintendente da Amis explica ainda que com essa queda na renda disponível dos clientes, cresce no setor a competitividade, o que reduz a rentabilidade e esse é o desafio de se trabalhar com o grande número de produtos disponíveis nos supermercados, mantendo a rentabilidade das vendas.

 


Somente neste ano, os supermercados mineiros esperam vender cerca de R$14 bilhões. Já o número de contratações será de mais de 8 mil novos funcionários, chegando a 140 mil funcionários no estado.

 

NO PAÍS

 


Já em  âmbito nacional, o desempenho foi semelhante ao registrado em Minas. O acumulado dos cinco primeiros meses de 2012 ficou 6,81% positivo. Na comparação de maio com o mesmo mês do ano anterior, o resultado foi 9,88% maior. Em relação a abril, os supermercados brasileiros apontaram queda de 2,77%. Estes dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.