quarta-feira, 5 de Setembro de 2012 09:00h Gazeta do Oeste

Suspeito de matar gerente do Walmart é condenado a quase 30 anos de prisão

 O garoto de programa, de 25 anos, que assassinou o gerente do Walmart, Leandro Rogério dos Santos, de 36, em março deste ano, foi condenado a 29 anos e 6 meses de reclusão, inicialmente em regime fechado. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (4) pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Contagem, Danton Soares Martins. Ele é acusado de latrocínio (roubo seguido de morte) e não, como queria a defesa, de roubo e homicídio. O juiz ainda negou ao réu a possibilidade de recorrer da decisão em liberdade. O jovem segue preso no Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp).

De acordo com o processo, eles se conheceram em uma sala de bate-papo na internet e passaram a se encontrar na casa da vítima, onde ocorreu o assassinato. Na sequência, o suspeito roubou um automóvel, dois computadores, e tentou, sem sucesso, sacar dinheiro da conta da vítima, quando foi filmado pelas câmeras de segurança da agência bancária.

Segundo o juiz Danton Soares Martins, a autoria é confessa, já que o réu, tanto na fase policial quanto em juízo, confessou o crime com riqueza de dados. Ele afirmou que, antes de ir ao encontro com a vítima, já planejava assaltá-la, tanto que levou consigo uma faca, e deixou claro que sacou a arma quando ambos se encontravam na cama. Para o juiz, os 18 golpes desferidos, três dos quais à altura do coração, demonstram “a fúria com que o réu concretizou o seu intento homicida”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.