sábado, 12 de Abril de 2014 04:53h Atualizado em 12 de Abril de 2014 às 04:56h.

Tarifas da Copasa tem reajuste de 6,18%

Impacto nas contas dos usuários será menor que a inflação medida no período pelo IPCA e pelo IGP-M. Tarifa Social já beneficia mais de 800 mil famílias.

A Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG) definiu o índice de reajuste das tarifas de água e esgoto da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), com aplicação por um ano a partir de 13 de maio próximo. A Resolução será publicada na edição de hoje (12), no “Minas Gerais”, Diário Oficial do Estado. A Nota Técnica contendo todas as informações e o cálculo de cada componente do índice já está disponível no site www.arsae.mg.gov.br.
O impacto nas tarifas a ser percebido pelos usuários será de 6,18%. No período de maio de 2013 a abril de 2014, a inflação prevista é de 5,82% pelo INPC, de 6,49% pelo IPCA e de 8,35% pelo IGP-M, principais índices utilizados na economia. O reajuste nas tarifas da Copasa foi fortemente impactado pelo recente reajuste das tarifas de energia elétrica, que provocou um aumento de 14,59% nesse item das despesas da Companhia.
Para a definição do índice de reajuste nas tarifas da Copasa, a Arsae-MG aplicou a metodologia definida pela Agência em 2011 e submetida a Audiência Pública. Com o objetivo principal de manter o equilíbrio entre a capacidade de pagamento de usuários e a manutenção das condições para que o prestador oferte serviços com abrangência e qualidade, essa metodologia utiliza informações contábeis, gerenciais e de mercado da Copasa para apurar o efeito inflacionário nos diferentes tipos de custos do prestador.

Tarifa Social já beneficia 834 mil famílias
Um grande número de clientes da Copasa é beneficiado pela Tarifa Social, que permite a famílias de baixa renda o acesso a serviços de abastecimento e de esgotamento sanitário com valores compatíveis à sua capacidade de pagamento, com reduções de até 40% nas contas. Merece destaque o fato de que, após dois anos de implantação do novo critério de acesso ao benefício por parte da Arsae-MG, a Copasa já cadastrou mais de 834 mil famílias – o que representa um aumento de 163% no número de famílias beneficiadas pelo critério anterior (em abril de 2012 eram 317 mil famílias). Este importante fator de inclusão social hoje abrange 20% das famílias atendidas pela Copasa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.