quinta-feira, 10 de Outubro de 2013 12:36h

Tecnologia no Dia das Crianças esconde riscos para a segurança

Jogos e brinquedos eletroeletronicos são os presentes mais desejados pela garotada

Dia das Crianças, 12 de outubro, é dia de brinquedo novo, e, todos os anos, as lojas são invadidas por novos modelos e novas tecnologias, exigindo, além de disposição para pagar os valores cobrados, atenção dos pais no seu manuseio, para evitar acidentes envolvendo energia. Recentemente, as crianças têm procurados novos tipos de  presentes, além dos brinquedos tradicionais, que podem oferecer risco elétrico, como os DVDs e Blu-Ray players, videogames (Play Station), videokê, televisores, microcomputadores, tablets, celulares e todo tipo de brinquedo com bateria interna recarregável, alerta o engenheiro de normalização e tecnologia Demetrio Venício Aguiar, da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig.

“Existe uma variedade muito grande de brinquedos e equipamentos que despertam o interesse das crianças, por isso os cuidados devem começar já na hora da escolha do presente, observando a faixa etária, a voltagem do equipamento e outras questões ligadas à segurança”, alerta o especialista.

Assim, o engenheiro orienta para os diversos pontos que devem ser observados na hora de comprar um brinquedo, como selo do Inmetro, procedência confiável, evitando-se as imitações de baixa qualidade no mercado, acabamento para evitar choques em geral e manual de instruções com informações detalhadas de segurança.

Os pais devem ficar atentos ainda à faixa etária indicada, os dispositivos de segurança contra variações de tensão e de corrente elétricas, orientações sobre o descarte e indicação de call center para contato direto.

Por fim, a Cemig reforça a orientação para cuidados que devem ser tomados no dia a dia, quando o assunto é energia elétrica:

·         Evitar o uso destes aparelhos durante tempestades;

·         Desligá-los ao sair de casa;

·         Não recarregar aparelhos em cima de camas, sofás, próximo a cortinas, toalhas de mesa ou qualquer material combustível;

·         Aparelhos que requerem o uso de carregadores elétricos devem ser manuseados pelos pais;

·         Verificar se a tensão de entrada dos carregadores é compatível com a da instalação;

·         Em caso de defeito, não desmontar o aparelho. Deve-se neste caso procurar a assistência técnica;

·         Utilizar o carregador específico de cada aparelho;

·         Evitar a ligação de vários aparelhos na mesma tomada, para não gerar sobrecorrente e curto circuito;

·         Não ligar estes aparelhos em locais sujeitos a alagamento, chuva, umidade (quintais e jardins).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.