terça-feira, 15 de Setembro de 2015 13:24h

Termo de compromisso ajuda a consolidar sistema de esgotamento de Jequitaí (MG)

Representantes da Companha de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), dos Poderes Executivo e Legislativo de Jequitaí (MG) e do Comitê Gestor de Esgotamento Sanitário do município assinaram na sexta-feira (11) termo de compromisso para operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário local, cuja obra foi realizada pela Codevasf. A assinatura ocorreu durante audiência pública que contou com a presença de mais de 150 pessoas no salão paroquial do município.

Jequitaí é o primeiro município do Vale do rio São Francisco onde foi instituído um Comitê Gestor de Esgotamento Sanitário. Com essa ação a Codevasf aposta na conscientização da população beneficiária para o bom uso do sistema. As obras mobilizaram investimento de mais de R$ 17 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – no âmbito do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – e beneficia  aproximadamente sete mil pessoas. Em Minas Gerais a Codevasf investiu cerca de R$ 700 milhões ma implantação de sistemas de esgotamento sanitário, em 65 municípios.

Na avaliação do diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Eduardo Motta, o trabalho iniciado em Jequitaí – que será levado para todo o vale sanfranciscano – “cria um instrumento de acompanhamento pelos beneficiários, para que as ações aconteçam de forma eficiente e participativa”. O trabalho tem como referência o Manual de Comunicação e Organização Social editado pela Codevasf para orientação da população beneficiária de serviços de esgotamento sanitário.

“Com esse apoio à mobilização social, complementar às obras civis já executadas, a Codevasf vem dar uma prova de seu comprometimento com o bom aproveitamento de suas ações em favor do desenvolvimento social e econômico do vale do rio São Francisco”, disse o superintendente substituto da Codevasf em Minas Gerais, Fernando Britto.

O gerente do departamento operacional norte da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Daniel Antunes, afirmou que, a partir de agora, esse método de trabalho, que envolve toda a comunidade local com a criação de um comitê gestor, implantado com sucesso pela Codevasf, deverá ser adotado também por sua empresa.

O analista de infraestrutura do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Thiago Camelo, presente à audiência pública, disse ter ficado impressionado com o que viu e ouviu sobre o trabalho da Codevasf em Minas Gerais. Para o analista, o trabalho de conscientização da população visando a um melhor uso dos empreendimentos públicos colocados a sua disposição, como está fazendo a Codevasf, é “necessário e importante”.

O evento contou ainda com a participação do prefeito de Jequitaí, Julvelci Menezes, de vereadores, representantes de associações comunitárias, sindicatos rurais e igrejas e de técnicos da Codevasf, da Emater/MG, da Copasa, de professores e de diversas lideranças municipais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.