sexta-feira, 24 de Abril de 2015 13:50h

Unimontes anuncia melhorias no Hospital Universitário

Com mais de 480 mil atendimentos anuais, instituição fechou 2014 com 84,8% de satisfação dos usuários pela assistência hospitalar e prepara novos investimentos para aprimorar serviços

O Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), planeja novas ações para este ano. Serão aplicados R$ 2 milhões em reformas estruturais no hospital. A instituição também comemora os bons resultados alcançados em 2014, quando realizou 480.599 procedimentos médicos e hospitalares, prestando atendimento gratuito, bancado exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O HUCF conta com 172 leitos hospitalares, com estrutura completa para atendimentos de emergência, maternidade e internação em diversas áreas clínicas e cirúrgicas e unidades de tratamento intensivo e semi-intensivo adulto, neonatal e pediátrica. Também dispõe de pronto-socorro 24 horas, UTI Adulto (sete leitos) e UTI Neonatal e Pediátrica, com 20 leitos (10 para tratamento intensivo e 10 para tratamento intermediário), além de 10 leitos de internação hospitalar (HU em Casa).

Segundo o superintendente do hospital, José Otávio Braga Lima, os investimentos serão na reforma geral da estrutura física da unidade. Estão previstos R$ 1 milhão para reforma do piso, reboco e pintura das paredes e substituição das janelas das diversas clinicas e demais setores do hospital. Os recursos serão viabilizados pelo Governo do Estado, por intermédio do Programa de Fortalecimento dos Hospitais do SUS – Pro-Hosp.

Com doação do Grupo Alfastar, no valor de R$ 1 milhão será feita uma reforma completa da parte elétrica do HUCF, com a substituição de cabos e fios e a troca de disjuntores e de outros equipamentos antigos. “As reformas da estrutura física e da parte elétrica vão proporcionar melhor segurança e mais conforto para todos os usuários do hospital, repercutindo também na humanização da assistência. Também serão proporcionadas melhores de condições de trabalho para nossos colaboradores”, enfatiza o superintendente do HUCF.

Ele também destaca como grande meta para 2015 é a realização do concurso público para médico. Serão 102 vagas para atuação nas diversas especialidades e diferentes setores do hospital, como bloco cirúrgico, pronto socorro, CTI Neonatal, CTI de adultos, Pediatria, Ortopedia, Ginecologia e Obstetrícia e Anestesiologia. A carreira de médico universitário foi instituída na Unimontes por meio de lei estadual, com base em proposta apresentada ao Governo do Estado pela Reitoria da Universidade.

Durante o ano de 2014, o hospital alcançou um índice de satisfação dos seus usuários de 84,8% em relação à assistência oferecida. Também foi registrado crescimento expressivo da realização de cirurgias e de outros serviços. A taxa de ocupação foi de 73,9% com média de permanência de 6,90 dias. Foram feitos diretamente no Hospital Universitário 352.394 atendimentos. Entre outros procedimentos, durante o ano passado, o HUCF realizou 231.522 exames de apoio/diagnóstico, 17.617 consultas médicas de urgência/emergência, 8.804 internações e 1.962 partos, além de 2.648 pequenas cirurgias.

No Centro Ambulatorial de Especialidades Tancredo Neves (Caetan) e na Policlínica Doutor Hermes de Paula foram prestados 47.048 atendimentos, destacando 25.485 consultas especializadas, 5.468 consultas médicas de urgência e emergência, 8.217 exames de apoio/diagnóstico e 2.531 consultas básicas. O Centro de Atenção à Saúde do Servidor da Unimontes (Casu), que funciona na Policlínica Doutor Hermes de Paula, realizou 4.667 atendimentos.

Outra unidade importante vinculada ao HUCF é o Centro de Referência em Assistência à Saúde do Idoso (Crasi), que realizou 81.124 atendimentos em 2014, incluindo 64.103 exames de apoio/diagnóstico, 14.769 consultas médicas e 1.320 procedimentos de fisioterapia e reabilitação. Foram prestados ainda 932 atendimentos odontológicos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.