terça-feira, 30 de Junho de 2015 13:15h

Vacinação contra raiva em cães e gatos acontece a partir do dia 6 na Zona Rural

A meta é vacinar cerca de 4 mil animais

De 06 a 31 de julho acontece a vacinação contra raiva em cães e gatos na zona rural de Nova Serrana. A meta é vacinar cerca de 4.800 animais nesta primeira etapa, que acontece em casas, fazendas e praças das comunidades rurais dentro do perímetro do Município. A vacinação na Zona Urbana acontece em agosto, quando outros 3.200 animais deverão ser imunizados.

Serão disponibilizadas 8.150 doses para serem vacinados cerca de 800 gatos e 7.200 cachorros. A vacinação na Zona Rural acontecerá durante todo o mês de junho, a partir do dia 6, no período da manhã e tarde. O Coordenador da Vigilância Sanitária, Eduardo Peixoto de Lacerda frisa que somente a população canina e felina deverá ser levada aos postos de vacinação. “A partir de 2 meses de idade os animais podem ser vacinados, incluindo cães e gatos idosos, gestantes e em lactação. Já as cadelas e gatas prenhas poderão ser vacinadas desde que não estejam muito próximas do parto”.

Ainda segundo Eduardo, o proprietário deverá levar o animal em coleiras ou caixas transportadoras e os animais com potencial agressivo deverão ser levados amordaçados. “Além disso, não é recomendável que crianças conduzam os animais, sozinhas aos postos de vacinação”, completa. Para saber o dia e local da vacinação veja o cronograma completo no site da Prefeitura. www.novaserrana.mg.gov.br

Os locais de vacinação serão pontos estratégicos nas comunidades, como praças e igrejas e também em casas e fazendas. A vacinação na Zona Urbana acontecerá no mês de agosto. Em breve o cronograma com dias e locais também será divulgado.

A vacina vai permanecer disponível durante toda a Campanha no Centro de Controle de Zoonoses, situado na rua Levi Corrêa de Lacerda, no bairro Amazonas (atrás do Centro de Convenções). O horário de funcionamento para vacinação é de 08h às 15h.

Raiva animal
Segundo os dados do Ministério da Saúde, a redução do número de casos de Raiva transmitido por animal doméstico (Cães e Gatos) se deve principalmente às atividades de vigilância, controle e profilaxia humana adotadas. Emerson Evangelista, um dos veterinários responsáveis pela imunização de contra raiva em Nova Serrana, afirma que a vacinação é o método mais eficiente e seguro de evitar a doença tanto em animais quanto em humanos.  “A campanha de vacinação antirrábica animal é a mais importante das ações preventivas para os casos da doença em humanos e animais e para seu controle no ciclo urbano”

A raiva é uma infecção viral mortal transmitida para seres humanos a partir da saliva de animais infectados, geralmente por uma mordida. Uma vez que uma pessoa começa a exibir sinais e sintomas da raiva, a doença é quase sempre fatal. Por esta razão, qualquer pessoa que suspeite risco de contrair a raiva deve receber vacinação antirrábica para a proteção.

Os sintomas podem incluir:

Babar em excesso
Convulsão
Sensibilidade exagerada no local da mordida
Excitabilidade
Perda de sensibilidade em uma área do corpo
Perda de função muscular
Febre baixa
Espasmos musculares
Entorpecimento e formigamento
Dor no local da mordida
Agitação e ansiedade
Dificuldade de engolir (beber algo provoca espasmos da laringe).

Em caso de mordida ou arranhões de animais como: Gatos, Cachorros, Vacas, Furões, Cabras, Morcegos, Castores, Coiotes, Raposas, Macacos, Guaxinins, Gambás e Marmotas procure imediatamente um médico.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.