terça-feira, 2 de Dezembro de 2014 09:46h

Valores de Minas faz 10 anos e apresenta a público o espetáculo “Zanzar”

O espetáculo é, como nos anos anteriores, uma síntese das atividades e experiências desenvolvidas por cerca de 570 jovens

O Valores de Minas, programa do Servas que, em 2009, passou a integrar o PlugMinas – Centro  de Formação e Experimentação Digital, estreia nesta quarta-feira (03/11) o  espetáculo “Zanzar”, que apresenta a temática do circo como metáfora de fronteiras humanas e sociais. Até o dia 7 de dezembro, a peça estará em cartaz no PlugMinas e, no dia 12, em duas sessões no Palácio das Artes, sendo essas duas apresentações em comemoração aos 10 anos do programa.

O espetáculo é, como nos anos anteriores, uma síntese das atividades e experiências desenvolvidas por cerca de 570 jovens, alunos da rede pública de ensino selecionados  a cada ano para aulas e experiências em teatro, dança, artes visuais, circo e música, além de literatura, ética e cidadania.

O centro do espetáculo é “Zanzar” é uma família circense que, por meio da reprodução de padrões sociais opressivos, revela aspectos da construção social da mulher na sociedade atual. Paralelo a isso, há para essa família a ameaça constante de ter que deixar seu local de trabalho por falta de recursos financeiros.

O processo de criação e produção começou com a pesquisa sobre o tema “fronteiras”, tanto as físicas quanto as simbólicas. Por meio do material proposto pelos alunos ao longo do ano nasceu o interesse em abordar também as fronteiras humanas, principalmente as questões que tangem o universo feminino, como os altos índices de violência sexual e a construção social da mulher.

Criou-se uma metáfora bem sutil e leve e os jovens tiveram total autonomia para compartilhar com os colegas suas ideais e vivências e, a partir desse processo, colaborativo surgiu “Zanzar”, diz Juliana Pautilla, coordenadora de Teatro do Valores de Minas. Ela é também diretora da peça em conjunto com Cyntia Reyder, coordenadora de Dança, e a diretora convidada Samira Ávila.

Os alunos participam de todo o processo de criação da peça, que abarca a confecção de adereços, trilha sonora e também a criação de figurinos sob a orientação dos figurinistas Jonnatha Horta Fortes e Morgana Marla.“Estamos levando para o palco exatamente a vivência que os jovens tiveram no programa. Ao final do espetáculo, temos uma reinvenção do circo atrelada a um processo de autodescoberta dos alunos, que chegam, ainda, a novas formas de contribuir com o espaço onde estão inseridos”, explica a coordenadora e diretora Cyntia Reyder.

Valores de Minas 10 anos

Criado em 2005 pelo Governo de Minas e o Servas, o programa oferece a jovens da rede pública de ensino oportunidades de crescimento, por meio do teatro, circo, dança, música e artes visuais. Em 10 anos o atendeu a cerca de 6.000 jovens que, ao longo do ano, frequentam a escola em horário alternado com aquele do Programa. Até 2013, como resultado do curso, os jovens, sob a coordenação de uma equipe que reúne, entre outros profissionais, professores, pedagogos e monitores, produziu e apresentou nove espetáculos. Aplaudidos por quase 40 mil pessoas e elogiados pelo público e crítica, o Valores de Minas apresentou: “Delírio Barroco”, “Estrada dos Sonhos”, “Opara”, “Sempre Alegre Miguilim”, “Metrópole”, “O Herói e a Armadura”, “A Lira e o Tambor”, “Ali(ce)ia” e “GarimpAR” e, completando 10, em 2014, com “Zanzar”.

Serviço:

Espetáculo “Zanzar” - Temporada PlugMinas

Local: Rua Santo Agostinho – 1.441 – Bairro Horto - BH

A entrada é franca e os ingressos devem ser retirados na portaria, duas horas antes.

Local: Rua Santo Agostinho – 1.441 – Bairro Horto - BH

Datas: de 3 a 5 de dezembro, às 20h; 6 de dezembro, sábado, às 17h e 20h; 7 de dezembro, domingo, às 17h

Temporada Palácio das Artes

Retirar o ingresso duas horas antes, na bilheteria.

Data: 12 de dezembro, sexta-feira

Horário: 16h e 20h

Mais informações: telefone (31) 3273-7171

valores, minas, anos, apresenta, publico, espetaculo, zanzar

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.