Final brasileira pela terceira vez na Libertadores da América; Palmeiras e Santos decidem a América.

Pela primeira vez um time brasileiro comemorará a conquista no estádio do Maracanã.

13 JAN 2021

ILÍDIO LUCIANO

Santos e Palmeiras farão a terceira final brasileira da história da Taça Libertadores da América, na edição de 2020/21. As duas equipes repetirão os feitos de São Paulo e Atlético Paranaense em 2005 e Internacional e São Paulo em 2006.

Os rivais paulistas decidirão a principal competição sul-americana no próximo dia 30 deste mês em partida única no Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.

O Palmeiras garantiu vaga na decisão após derrota para o River Plate da Argentina em São Paulo por 2x0; o Verdão se beneficiou do placar construído na primeira partida em Buenos Aires, quando venceu o rival portenho por 3x0.

Já o time do litoral paulista conquistou a vaga com mais tranquilidade. Jogando na Vila Belmiro em Santos, o time Praiano venceu com certa facilidade o Boca Júniors, também argentino por 3X0 e garantiu o primeiro clássico paulista na decisão da Libertadores.

O Santos buscará seu quarto título na competição, feito que se conseguido tornará o Peixe o maior vencedor brasileiro da competição, atualmente divide este posto com o São Paulo e o Grêmio, todos com três taças cada; o Santos disputará a final pela quinta vez.

Já o Palmeiras está na sua quarta decisão continental. Foi campeão apenas uma vez, em 1999, ao vencer nos pênaltis o Deportivo Cáli da Colômbia. Foi vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

Santos e Palmeiras também estão na briga pelo título de campeão brasileiro nesta edição de 2020/21; o Verdão ainda pode conquistar mais um troféu, pois também está na decisão da Copa do Brasil contra o Grêmio.

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.