Galvão Bueno critica Conmebol por eleger Maradona "O maior de todos'

Narrador diz que não é hora de comparações

28 NOV 2020

Durante o programa Seleção SporTV desta quinta-feira, o narrador do Grupo GloboGalvão Bueno, fez duras críticas à Conmebol por classificar o craque argentino Diego Armando Maradona como o maior da história do futebol. Em meio às homenagens pela morte do ex-jogador de futebol, a Confederação Sul-Americana se referiu ao ídolo da Argentina como “o maior de todos”.

 

Apesar do reconhecimento ao brilhantismo da carreira de Maradona nos gramados, para Galvão Bueno, a declaração da entidade foi infeliz. Segundo ele, esse não era o momento para comparações com outros jogadores. 

 

"A Conmebol foi muito mal, ontem, na declaração de que Maradona foi o maior de todos. Não é hora de comparação. Eu sempre chamei o Pelé de Edson Arantes do Nascimento, o ‘Rei’. Mas ontem não era momento de nenhuma comparação", declarou o narrador. 

 

FONTE SUPERESPORTES

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.