segunda-feira, 29 de Agosto de 2016 11:07h Agencia Brasil

Acordo definitivo de paz entre as Farc e o governo colombiano entra em vigor

O chefe máximo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Rodrigo Londoño, o Timochenko, afirmou em Havana, capital cubana, que vai cumprir rigorosamente o acordo definitivo de paz firmado com o governo colombiano, após quase quatro anos de negociações. O acordo, que encerrará um conflito armado de mais de cinco décadas, entrou em vigor à 0h de hoje (29).

"Como comandante do Estado-Maior das Farc, ordeno a todos os comandados, às nossas unidades, aos nossos combatentes o cessar-fogo e as hostilidades, de maneira definitiva, contra o Estado colombiano, a partir da meia -noite de hoje [28])", disse nesse domingo o Timochenko.

"Acabou a guerra, convivamos como irmãos e irmãs", acrescentou o chefe guerrilheiro na mensagem que leu no salão El Laguito, do Hotel Nacional de Cuba, em Havana, que foi sede das negociações para o acordo, iniciadas em 19 de novembre de 2012.

O governo, que formalizou em decreto sua adesão ao cessar-fogo, informou que o acordo será formalmente assinado entre os dias 20 e 26 de setembro em local a ser definido - Bogotá, Havana ou a sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York. O acordo deverá ser referendado pela população em um pleebiscito que deverá ocorrer em 2 de outubro.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.