quarta-feira, 24 de Agosto de 2016 23:13h EBC

Defesa Civil aumenta para 159 o número de mortos após terremoto na Itália

A Defesa Civil informou hoje (24) que subiu para 159 o número de vítimas fatais do terremoto que atingiu a região central da Itália. Das vítimas, 106 morreram em Accumoli e Amatrice e 53 em Arquata. As informações são da Agência Ansa.

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, disse que os feridos foram levados para fora de Amatrice e Accumoli em helicópteros e ambulâncias. "Foram 368 somente nesta manhã", disse Renzi. "Há alguns problemas para o reconhecimento dos corpos, mas estamos trabalhando nisso".

Renzi fez a declaração em Rieti, uma das províncias mais afetadas pelo abalo sísmico, onde o premier também destacou que será preciso um "longo período de gestão" para lidar com a emergência provocada pelo terremoto. "A emergência demandará um longo período de gestão. Deveremos estar todos à altura deste desafio", disse.

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.