sexta-feira, 26 de Agosto de 2016 18:09h Agência Brasil

Justiça suspende proibição de burkini em cidade francesa

O Conselho de Estado da França, a maior instância judicial administrativa do país, proibiu a cidade de Villeneuve-Loubet, nas proximidades de Nice, de vetar o uso do burkini – traje de banho muçulmano que cobre o corpo inteiro. As informações são da Agência Ansa.

 

Apesar de a decisão ser direcionada especificamente a cidade, e não ser de âmbito nacional, ela pode abrir um precedente legal no país.

A proibição da peça em ao menos 30 cidades francesas causou polêmica e foi manchete em jornais de todo o mundo nos últimos dias.

Os prefeitos das cidades francesas baniram o uso da peça alegando motivo de segurança, especialmente após uma série de ataques jihadistas terem deixado centenas de mortos em lugares como Paris e Nice. Além disso, para muitos políticos, a peça representa uma opressão das mulheres.

Recentemente, o premier Manuel Valls disse ser a favor de uma lei nacional contra a peça. Na França já é proibido o uso do véu islâmico em instituições de ensino e repartições públicas.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.