quinta-feira, 22 de Setembro de 2016 16:00h Pedro Gianelli

3,4 milhões de doses de vacinas serão enviadas para Minas Gerais

As doses serão enviadas para reforçar o estoque durante a Campanha de Multivacinação

Minas Gerais receberá 3,4 milhões de doses de vacinas para reforçar o estoque durante a Campanha de Multivacinação. Para todo o país, o Ministério da Saúde (MS) disponibilizou 19,2 milhões doses extras das 14 vacinas ofertadas na campanha. A campanha, que começou no dia 19 de setembro e vai até o dia 30, tem como objetivo convocar pais e responsáveis a levarem seus filhos aos postos de vacinação, seja para iniciar o esquema de vacina ou completar as doses que estiverem pendentes. Em Divinópolis, o alvo da multivacinação é formado por aproximadamente 12,9 mil crianças de zero a cinco anos, mas não existe meta mínima para ser atingida, pois a campanha é apenas para avaliação e atualização da caderneta de vacinação.

Ao todo, foram enviadas às unidades da federação 26,8 milhões de doses, que servem tanto para a vacinação de rotina, no mês de setembro (7,6 milhões), como doses extras para a campanha (19,2 milhões). Serão cerca de 36 mil postos fixos de vacinação e 350 mil profissionais de saúde envolvidos nos 12 dias de mobilização. As vacinas ofertadas serão: Dupla Adulto (2.194.380); DTP (525.420); Febre amarela (1.374.300); Hepatite A (293.700); HPV (2.286.720); Meningocócica C (1.475.310); Pentavalente (786.260); Pneumo 10 (447.833); Rotavirus (542.030); Varicela (202.300); VIP (1.801.140); VOP (5.045.875); Tríplice viral (2.097.870); Tetra viral (92.700). Segundo a Prefeitura de Divinópolis, além das crianças de 0 a 5 anos, com a caderneta de vacinação atrasada, serão vacinadas as meninas de 9 a 13 anos, 11 meses e 29 dias que precisam tomar a 1ª dose da vacina HPV e as meninas que não tomaram a 2ª dose da vacina HPV; e adolescentes em geral, meninas e meninos, que necessitam de completar a caderneta de vacinação com outras vacinas.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), com a campanha de vacinação, o Governo Federal espera a redução das doenças imunopreveníveis no país e a diminuição do abandono à vacinação. Para a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunização (PNI), Ana Goretti Maranhão, o lançamento dessa campanha é importante, também, porque marca os 43 anos do PNI. “Em todos esses 43 anos de programa, temos uma história de sucesso: erradicamos a poliomielite e temos, ao longo dos anos, reduzido drasticamente uma série de doenças, além de manter as coberturas altas na maioria das oferecidas”, afirmou.

DIA D

O Dia D da mobilização nacional será no sábado (24), das 8 às 17h, e, neste dia, o “Zé Gotinha e a Maria Gotinha” percorrerão algumas unidades de saúde para incentivar a vacinação. A campanha será realizada em todas as 37 unidades básicas de saúde de Divinópolis. A Prefeitura orienta ainda que pais e responsáveis levem a caderneta de vacinação da criança e/ou adolescente e a carteirinha da unidade de saúde. É apenas com a caderneta de vacinação da criança e do adolescente em mãos que os profissionais de saúde poderão verificar se existem doses de vacina da rotina em atraso.

PREFEITURA

A Prefeitura não informou quantas doses de vacinas foram enviadas para Divinópolis.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.