sexta-feira, 9 de Setembro de 2016 15:32h Pedro Gianelli

Atlético segue entre os líderes do Brasileirão

O Atlético se aproximou da liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer o Vitória por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte. O triunfo sobre o time baiano foi o 8º consecutivo do Galo como mandante.

Fred fez os dois gols que levaram o Galo à vice-liderança do Brasileirão, com 42 pontos, e Kanu descontou para a equipe baiana. Na próxima rodada, o adversário será o Fluminense, segunda-feira, no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ).

O técnico Marcelo Oliveira ressaltou a importância do triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência. Com o resultado, o Galo chegou a 42 pontos e se manteve na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro. “Foi um jogo muito complicado pelas circunstâncias. O Atlético, no momento que teve condição de definir, de encaminhar vitória, errou situações muito claras nos dois tempos, e o Vitória, pela posição na tabela, veio para o tudo ou nada. Cobrei isso no intervalo, eles chegaram mais do que devia, mas nós chegamos muito também. Então, foi se tornando um jogo difícil”, avaliou o treinador. “O Vitória é um time bem armado, possui velocidade no contra-ataque e tem um ótimo técnico. Você tem que fazer o gol e definir para tirar o gás do adversário e, como estava 2 a 1, eles continuaram acreditando. Valeu pela vitória, um time mexido mais uma vez, não temos contado com todos, mas isso, em um tempo próximo, isso vai acontecer”, acrescentou Marcelo.

O comandante alvinegro observou que, de agora em diante, todos os jogos serão muito difíceis. “Tivemos erros de marcação, mas o volume foi bom. O Campeonato Brasileiro vai ser assim daqui para frente, todo mundo brigando por alguma coisa. O Vitória veio e nos trouxe muito problema, embora a gente pudesse ter definido o jogo antes”, comentou. “Foi uma noite maluca para mim”, afirmou Fred acerca da vitória por 2 a 1 sobre o Vitória, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência. O atacante marcou os dois gols do triunfo alvinegro e também acabou perdendo duas excelentes oportunidades que, normalmente, não desperdiça. “O primeiro eu nem considero que foi um gol perdido, a bola veio forte e me joguei nela para tentar alcançar. Mas o segundo, dei o tapa consciente, fiquei esperando a bola passar do zagueiro, do goleiro, ela passou e dei o tapa no travessão. Depois, tentei a bicicleta. Mas o mais importante é que fiz dois gols e ajudei o time a vencer”, comentou o artilheiro.

O atacante Robinho, que também acabou perdendo uma grande chance no final da partida, destacou a importância da vitória. “É muito ruim para o atacante perder gol e eu fiaria muito triste se o time não tivesse conseguido vencer. Mas o mais importante foi a vitória. Nosso ataque vem fazendo gols e, às vezes acontece o que aconteceu hoje, que a bola não queria entrar, perdemos gols sem goleiro, debaixo do gol. Mas valeu pelos três pontos. A gente fez o suficiente para vencer e estão todos de parabéns porque a gente queria ganhar”, disse Robinho.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.